Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 22/01/2014
  • 23:58
  • Atualização: 23:59

Inter aproveita bola parada e vence o NH por 2 a 1

Zagueiro Jean anotou os dois gols colorados na partida no Estádio do Vale

Inter vence o Novo Hamburgo por 2 a 1 | Foto: Rodrigo Rodrigues / Jornal NH / CP

Inter vence o Novo Hamburgo por 2 a 1 | Foto: Rodrigo Rodrigues / Jornal NH / CP

  • Comentários
  • Tiago Medina / Correio do Povo

Com efetividade, o Inter de Clemer manteve os 100% do Gauchão, na noite desta quarta-feira. A equipe colorada derrotou o Novo Hamburgo por 2 a 1 no Estádio do Vale com dois gols do zagueiro Jean originados na bola parada. Com a vitória, o Inter chegou a seis pontos e lidera o Grupo A. O Novo Hamburgo, com três, cai na chave B.

O Inter volta a campo no domingo, quando enfrenta o Passo Fundo, no Vermelhão da Serra. Já o Novo Hamburgo recebe o São José pela terceira rodada do Gauchão.

Bola parada define para o Inter

Colorados e anilados protagonizaram um duelo equilibrado desde o apito inicial no Vale. O Novo Hamburgo que começou a atacar com mais força. Logo no começo, Mazinho aproveitou o rebote e bateu forte, exigindo boa defesa de Alisson. Mas a resposta vermelha veio em poucos minutos, quando Jean bateu por cima da pequena área após cobrança de escanteio.

O Anilado insistiu com Mazinho, que, aos 15, invadiu a área colorada e mandou cruzado, para fora. Em seguida, o meia puxou contragolpe rápido e Alisson teve de abandonar a área para evitar o pior.

As coisas pareciam que se complicariam para o Inter. Mas a bola parada pesou em favor dos colorados. Se errou no início da partida, Jean redimiu-se e, desta vez com a cabeça, testou forte para o gol. Marcelo Pitol tentou defender, porém a bola só parou dentro da meta: Inter, 1 a 0.

O Novo Hamburgo, contudo, não baixou a guarda. E apertou a pressão a partir dos 41, quando Douglas pôde cabecear à queima roupa, só que Alisson defendeu. Em seguida, o goleiro falhou no escanteio e Fred cabeceou forte por cima. Novamente a bola parada se mostrou decisiva: nos acréscimos, Cláudio Winck levantou na área. Pitol não segurou e Jean, disputando a bola com o zagueiro Fred, encostou para anotar o segundo dele e do Inter no jogo.

Noia tenta, mas só ganha nos gols anulados

Mal o segundo tempo começou e o Noia assustou o Inter. Com postura mais ofensiva, o time da casa criou a primeira chance aos 4, quando Preto lançou Douglas, que cabeceou ao lado do gol. Serviu como prenúncio do que se passou dois minutos depois: após grande toque de Anderson Pico, Jonatas Belusso chutou na saída do goleiro colorado e correu para o abraço.

A pressão anilada quase se transformou em empate aos 10. Anderson Pico dominou na frente da área colorada e disparou um torpedo. A bola subiu demais, para sorte dos colorados. O Inter só foi à frente com força aos 17, com Alex tentando aproveitar o rebote do escanteio.

Pouco a pouco, os comandados de Clemer equilibraram o jogo, ainda que o Noia não tenha abdicado do ataque. Cláudio Winck quase anotou o terceiro vermelho aos 24, quando invadiu a área e bateu cruzado com força. Pitol espalmou. Winck chegou forte de novo aos 40 e quase anotou, de cabeça, após cobrança de escanteio.

Quase nos acréscimos, Bruno chegou a anotar o gol, mas em condição irregular – o segundo do Novo Hamburgo no jogo – o Inter teve um gol anulado pelo mesmo motivo. A pressão, porém, se manteve azul até o apito final. Só não foi suficiente para tirar os três pontos do Inter.

Gauchão - 2ª rodada

Novo Hamburgo 1
Marcelo Pitol; Rafael Mineiro (Magno), Fred, Luis Henrique e Peixoto; Preto, Alberto, Mazinho e Anderson Pico (Lucas Santos); Jonatas Belusso e Douglas. Técnico: Itamar Schulle.

Inter 2
Alisson; Claudio Winck, Jean, Thales e Raphinha; Rodrigo Dourado, Gladestony, Reis e Alex Nemetz (Alex Santana); Fernando Baiano (Murilo) e Aylon (Ruan). Técnico: Clemer

Gols: Jean (29/1° e 46/1º) e Jonatas Belusso (6/2º)
Árbitro: Luis Teixeira Rocha
Auxiliares: Jorge Bernardi e Leirson Martins
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter