Correio do Povo

Porto Alegre, 26 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
7ºC
Amanhã
18º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Copa do Mundo

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/01/2014 17:46 - Atualizado em 23/01/2014 18:19

Valcke quer Arena da Baixada pronta "até final de abril, início de maio"

Secretário-geral da Fifa ameaçou excluir a cidade de Curitiba da Copa do Mundo

Arena da Baixada corre risco de ficar de fora da Copa<br /><b>Crédito: </b> Fabrice Coffrini / AFP / CP
Arena da Baixada corre risco de ficar de fora da Copa
Crédito: Fabrice Coffrini / AFP / CP
Arena da Baixada corre risco de ficar de fora da Copa
Crédito: Fabrice Coffrini / AFP / CP

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse esperar a entrega do estádio de Curitiba, uma das sedes da Copa do Mundo-2014, para "final de abril, início de maio", em coletiva de imprensa no Rio de Janeiro.

"No dia 18 de fevereiro (início do seminário para as seleções classificadas), será impossível dizer quando o estádio ficará pronto exatamente. Estamos trabalhando para uma entrega em fim de abril, início de maio, o que é muito tarde. Precisamos manter um controle diário da situação", disse Valcke, no Maracanã.

• Koff é pessimista com possibilidade da Arena substituir Baixada na Copa
• Arena da Baixada corre risco de ficar fora da Copa se obras não avançarem
• Fortunati garante Capital pronta para receber mais jogos da Copa
• Dilma Rousseff diz que fazer estádio é "relativamente fácil"

Na terça-feira, Valcke deu um ultimato à cidade pós inspecionar o estádio, que ainda não tem teto nem gramado e que apresenta os maiores atrasos entre os palcos para o Mundial deste ano.

"Há muitas coisas que diferem um estádio normal de um estádio de Copa do Mundo, no que diz respeito aos meios de comunicação, à hospitalidade, às zonas de comércio, etc. A presidente Dilma Rousseff disse esperar que todos os responsáveis falem em uma só voz e trabalhem juntos, e por isso Curitiba continua sendo uma cidade-sede", concluiu.

Os atrasos em Curitiba, cidade na qual a atual campeã mundial Espanha ficará concentrada e jogará uma partida durante o Mundial, colocou novamente em pauta a capacidade do Brasil de oferecer estádios, aeroportos e vias de transporte em ótimas condições a tempo para o Mundial.

Na quarta-feira, o secretário-geral participou, junto com a presidente Rousseff, da inauguração do estádio de Natal, sétimo dos doze estádios a ficar pronto para a Copa do Mundo, após os seis que foram utilizados na Copa das Confederações de 2013.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.