Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

  • 23/01/2014
  • 18:14
  • Atualização: 18:16

Inter admite mandar jogo para NH se não houver liberação do Beira-Rio

Dirigentes seguem aguardando alvará dos bombeiros para liberação parcial do estádio

Inter admite mandar jogo para NH se não houver liberação do Beira-Rio | Foto: Natalia Mauro / Divulgação / Inter / CP

Inter admite mandar jogo para NH se não houver liberação do Beira-Rio | Foto: Natalia Mauro / Divulgação / Inter / CP

  • Comentários
  • Lucas Rivas / Rádio Guaíba

O entrave envolvendo a liberação parcial do Beira-Rio levou a direção colorada a colocar em pauta a possibilidade de mandar os jogos para o Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. A informação foi admitida pelo vice-presidente de administração do Clube, José Amarante. Conforme ele, caso as licenças parciais não sejam obtidas a tempo, o jogo contra o São Paulo de Rio Grande, quarta-feira que vem, pode ser reagendado para o Estádio do Vale.

• Inter confia em “sensibilidade” dos bombeiros para liberar Beira-Rio

“Se porventura nós tivermos alguma negativa, vamos entender e o nosso jogo será em Novo Hamburgo. Havendo qualquer situação, nós fazemos o jogo lá”, reconheceu Amarante. A possibilidade foi ventilada a menos de uma semana do jogo, marcado para o dia 29 de janeiro, no Beira-Rio. Para a realização da partida, um alvará deve ser expedido pelo Corpo de Bombeiros.

Nesta quarta-feira, a direção colorada enviou à corporação as plantas estruturais do estádio. Os bombeiros terão até sexta-feira para concluir os exames. Após a liberação documental, uma vistoria no local precisa ser realizada. A tendência é de que a inspeção seja feita na próxima semana.

A área delimitada para análise é a da avenida Padre Cacique, que corresponde aos portões 3, 4 ,5 , 6 e 7. Caso haja a liberação, 10 mil torcedores colorados poderão comparecer à partida válida pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho. Na primeira partida do Gauchão, o Inter já mandou o jogo para o Estádio de Novo Hamburgo.

Bookmark and Share