Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
19ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

29/01/2014 23:54 - Atualizado em 30/01/2014 00:53

Salvo no último minuto, Grêmio empata com o Brasil em Pelotas

Time da casa perdeu pênalti no último minuto do jogo, que terminou 1 a 1

Grêmio empatou com Brasil em Pelotas<br /><b>Crédito: </b> Edu Andrade / Folhapress / CP
Grêmio empatou com Brasil em Pelotas
Crédito: Edu Andrade / Folhapress / CP
Grêmio empatou com Brasil em Pelotas
Crédito: Edu Andrade / Folhapress / CP

Os garotos do Grêmio B tiveram mais um batismo de fogo ao representar o Tricolor no Gauchão. Dessa vez, a gurizada precisou suar a camisa em Pelotas para arrancar um empate com o Brasil de Pelotas em 1 a 1, após ser dominada durante boa parte do jogo desta quarta-feira, válido pela quarta rodada do Gauchão. O ponto ganho só foi garantido aos 48 do segundo tempo, quando Foster isolou cobrança de pênalti para os donos da casa.

A partida pode ter marcado a despedida do time sub-21 do Grêmio. No próximo domingo, a equipe principal entra em campo para enfrentar o Juventude, às 17h, no Alfredo Jaconi. Os comandados de Enderson recebem o time na liderança do Grupo B, com 7 pontos. O Brasil também 7 pontos, na chave A.

Gustavo Papa coloca o Brasil na frente no começo

O time B gremista teve dificuldades sérias no começo da partida contra o Xavante. A marcação foi intensa e em cima do campo defensivo tricolor. Depois do gol, a equipe de garotos conseguiu equilibrar as ações, mas ameaçou pouco os donos da casa.

A pressão do Brasil resultou em gol logo no começo da partida. Aos cinco minutos, a zaga tricolor deu espaço e o experiente centroavante Gustavo Papa ficou livre na área. Ele chutou forte e, mesmo com Folmann tocado na bala, ela morreu no fundo das redes. Foi por terra a tática de contra-atacar estabelecida por Mabília antes da partida.

O Xavante seguiu mandando na partida e Gustavo Papa teve mais três oportunidades. Aos 8 minutos girou sozinho, mas bateu desequilibrado para fora. Mais tarde, aos 27, o atacante desviou bola na área, mas o goleiro estava atento e pegou firme no canto esquerdo. Dois minutos depois, aparou cruzamento de cabeça e mandou cruzado, mas a bola saiu em tiro de meta, triscando o poste direito.

A reação gremista aconteceu apenas no final da etapa, e foi tímida na bola parada. Everaldo cobrou duas faltas diretamente para o gol. Uma delas explodiu na defesa. A outra, aos 41 minutos, pegou muito efeito e dificultou a defesa do goleiro Luiz Muller, que espalmou para longe.

Grêmio empata e leva sorte em pênalti perdido

Para o segundo tempo, o técnico Mabília fez modificações para tentar reverter os ânimos da partida. Matheus Barbosa deu lugar a Éverton e o atacante deu mais poder ofensivo à equipe. Logo aos sete minutos, levou perigo: o garoto chutou do meio da rua, pela esquerda. A bola surpreendeu Luiz Muller que aparou de forma esquisita e catou em dois tempos.

O dono das ações, contudo, ainda era o Brasil de Pelotas. Folmann teve de fazer duas grandes intervenções em sequência, aos 21 e 22 minutos. Nas duas oportunidades Alex Amado foi lançado nas costas da zaga, mas o arqueiro voou nos seus pés para abafar e impedir o gol. 

Custou caro. Em seguida, o Brasil recebeu o castigo pelas chances perdidas. Luan recebeu sozinho na entrada da área, viu a saída do goleiro Luiz Muller e fez linda cavadinha para mandar para as redes por cobertura, aos 25. Golaço essencial para o Grêmio B voltar ao jogo.

No final, Folmann ainda teve de salvar o Tricolor mais uma vez. Aos 42 minutos, Nena cabeceou na cobrança de falta, rente à trave, e o goleiro tocou com a ponta dos dedos para evitar o gol. Mas o susto mesmo veio aos 49 minutos. Guilherme derrubou Márcio Hahn na área e ainda foi expulso. Rafael Foster foi para a cobrança, mas desperdiçou a chance de vitória do Brasil. Ele chutou muito forte, tentando o ângulo esquerdo, mas a bola subiu demais e o empate se manteve.

Gauchão - 4ª rodada

Brasil-PEL 1
Luiz Müller; Wender, Cirilo, Fernando Cardozo e R. Forster; Washington, Leandro Leite, Cleiton e Tulio Souza; Alex Amado e Gustavo Papa. Técnico: Rogério Zimmermann.

Grêmio 1
Follmann; Spessatto, Rafael Thyere, Cleylton e Breno; Matheus Barbosa, Guilherme Amorim, Moisés e Canhoto; Luan e Everaldo. Técnico: Mabília.

Gols: Gustavo Papa (5min/1°T), para o Brasil; e Luan (25min/2°T), para o Grêmio.
Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).
Arbitragem: Eleno Gonzalez Todeschini, com Lúcio Beiersdorf Flor e Edemar Lacerda Palmeira.
Cartões amarelos: Wender, Túlio Souza, Alex Amado e Washington (B); Spessato e Guilherme Amorim (G).
Cartão vermelho: Guilherme Amorim.

Bookmark and Share

     Ouça o áudio: Gols da partida


Fonte: Bernardo Bercht / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.