Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
15º 22º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

02/02/2014 22:40 - Atualizado em 02/02/2014 22:59

Rafael Moura diz que alguns torcedores “mereceram” gesto ofensivo

Atacante colocou o dedo na frente da boca após marcar o segundo gol do Inter

Jogador fez um gesto ofensivo para a torcida<br /><b>Crédito: </b> Halder Ramos / Especial CP
Jogador fez um gesto ofensivo para a torcida
Crédito: Halder Ramos / Especial CP
Jogador fez um gesto ofensivo para a torcida
Crédito: Halder Ramos / Especial CP

Os holofotes da estreia do grupo principal do Inter neste domingo, na goleada de 4 a 1 sobre o Cruzeiro, foram todos para o centroavante Rafael Moura. O jogador, após marcar o segundo gol da equipe, foi em direção da torcida e fez um gesto ofensivo, com o dedo na frente da boca. A pedido dos colegas, boa parte da torcida aplaudiu o He-Man quando ele foi substituído.

No final do jogo, o atacante pediu desculpas para os torcedores, mas ressaltou que alguns mereceram. “Para alguns, uma minoria, o gesto foi merecido. Peço desculpa aos torcedores que me aplaudiram”, comentou.

“Não tenho que provar nada a ninguém. Cheguei onde cheguei, com humildade e trabalho. Mas também não mereço escutar o que escutei, ainda mais diante da minha esposa e da minha filha. Como homem, a minha resposta foi de igual para igual”, acrescentou Moura.

As vaias e os pedidos para o técnico Abel Braga tirá-lo da partida foi o que incomodou o jogador. “Escutei a frase: ‘Abel, tira o Rafael’”, relatou. Em sua coletiva de imprensa, Abelão elogiou a técnica do He-Man e disse que contará com o atacante.


Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.