Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

10/02/2014 17:40 - Atualizado em 10/02/2014 17:48

Leandro Vuaden relata chinelo arremessado no clássico Gre-Nal

Árbitro afirmou que objeto, arremessado pela torcida do Grêmio, não acertou ninguém

Grêmio poderá ser prejudicado por conta da torcida<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral
Grêmio poderá ser prejudicado por conta da torcida
Crédito: Fabiano do Amaral
Grêmio poderá ser prejudicado por conta da torcida
Crédito: Fabiano do Amaral

O árbitro Leandro Vuaden relatou na súmula do clássico Gre-Nal que um chinelo foi arremessado pela torcida do Grêmio em direção ao campo. O objeto foi atirado do setor da arquibancada norte, segundo relato do árbitro, no momento da marcação do pênalti cometido por Paulão e convertido por Barcos.

"Informo para os devidos fins que aos 77 minutos de jogo, quando o jogo estava parado devido à marcação do pênalti a favor do Grêmio, foi arremessado um chinelo azul Havaianas 43/44 por um torcedor do Grêmio localizado na Geral. Informo ainda que o mesmo não atingiu ninguém e caiu próximo à meta, não entrando em campo" - escreveu Leandro Vuaden.

O Tricolor atualmente terá de se defender no TJD-RS de uma situação semelhante. No Alfredo Jaconi, dois rojões foram arremessados para dentro do campo e paralisaram o jogo por alguns minutos. Esta situação pode render 20 jogos de suspensão se o Tricolor for condenado na pena máxima na próxima quinta-feira. O clube temia esta situação e havia apelado para que os torcedores não causassem problemas. Na Libertadores, o clube tem uma pena suspensa e está sob observação da Conmebol até 2015.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.