Correio do Povo

Porto Alegre, 31 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
16º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

14/02/2014 11:45 - Atualizado em 14/02/2014 11:52

Após começar ano na reserva, Riveros vira herói do Grêmio na Libertadores

Paraguaio ganhou espaço no time de Enderson no Gre-Nal

Gol de Riveros garantiu a vitória ao Grêmio no Uruguai<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Gol de Riveros garantiu a vitória ao Grêmio no Uruguai
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Gol de Riveros garantiu a vitória ao Grêmio no Uruguai
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

A temporada de 2014 iniciou com Riveros fora do time titular do Grêmio. Desde os primeiros trabalhos na Serra, o técnico Enderson Moreira mostrou a ideia de desmanchar o esquema com três volantes do ano passado e o paraguaio foi o escolhido para sair do time. No entanto, o camisa 16 conseguiu recuperar o seu lugar e se tornou o herói da primeira vitória gremista na Libertadores da América.

“Nunca me senti reserva. Temos muitos bons jogadores. Tenho que respeitar o treinador, que sabe que todo mundo está preparado. Eu procurei trabalhar ao máximo sempre para estar preparado para corresponder quando fosse chamado”, declarou o paraguaio após a vitória de 1 a 0 sobre o Nacional.

Ainda nos primeiros treinos da pré-temporada, Enderson optou por Ramiro e Souza para formar a dupla no setor de marcação do meio-campo. Depois, com a saída do ex-camisa 5 gremista para o São Paulo, Edinho foi o escolhido para entrar na equipe. De quarta opção, Riveros virou titular no Gre-Nal na volta do esquema com três volantes e teve uma boa atuação que lhe garantiu no time para a partida contra o Nacional.

Após garantir a vitória gremista em Montevidéu, ele ressalta para a necessidade de o Grêmio manter o bom desempenhos nos próximos dois jogos na Arena, contra Atlético Nacional e Newell’s Old Boys.

“É importante começar bem. Dá confiança para os próximos jogos. Temos dois jogos em casa e temos que somar esses seis pontos. Não adianta nada vencer fora se em casa não fizermos o nosso trabalho”, completou o paraguaio.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.