Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 14/02/2014
  • 17:56
  • Atualização: 18:04

Na volta a Porto Alegre, Grêmio minimiza vitória

Dirigente e técnico ressaltam muito trabalho por fazer na Libertadores

Na volta a Porto Alegre, Grêmio minimiza vitória | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Na volta a Porto Alegre, Grêmio minimiza vitória | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba e Correio do Povo

Foram três pontos importantes, conquistados fora de casa, dentro do caldeirão do Parque Central. Mas já ficou para trás e ainda é preciso fazer muito para seguir na Libertadores. Com esta mentalidade que a delegação do Grêmio desembarcou em Porto Alegre, no fim da tarde desta sexta-feira.

• Grêmio dobra jovens na Libertadores e aumenta confiança
• Riveros vira herói após começar ano na reserva

“O Grêmio colocou em campo tudo o que o professor está trabalhando e o trabalho ainda não está pronto”, destacou o assessor de futebol Marcos Chitolina. “Temos mais três jogos na Arena e contamos com a torcida.”

A vitória na estreia, para Chitolina, não tem grande peso na classificação, por conta dos próximos adversários, Atlético Nacional e Newell's Old Boys. “São jogos difíceis. Dois times fortes, que têm tradição”, projetou.

Ainda assim, arrancar com três pontos no “Grupo da Morte” da Libertadores garante ao menos uma semana de tranquilidade. “Dá um alívio, mas temos consciência que temos trabalho a fazer. Se não fizermos o papel em casa não conseguiremos”, afirmou o dirigente.

O técnico Enderson Moreira adotou o mesmo discurso. “Iniciamos o trabalho não apenas para este primeiro jogo, mas para a sequência” afirmou. “Tem muita coisa pela frente.”

Bookmark and Share