Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 22º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

15/02/2014 22:19 - Atualizado em 15/02/2014 22:24

“O Inter tinha que ser protagonista”, comemora Abel

Técnico colorado destacou boa atuação no retorno ao Beira-Rio

Abel aprovou retorno ao Beira-Rio
Crédito: André Ávila

Ao golear o Caxias por 4 a 0 neste sábado, o Inter cumpriu à risca o pedido do técnico Abel Braga para o retorno ao estádio Beira-Rio. “Na voltar para casa, nós tínhamos que ser protagonistas, o Inter ser protagonista. Não tivemos nenhuma preocupação de um outro jogador se destacar. Quem se destacou foi por naturalidade”, destacou o treinador, após o jogo. “Ficamos contente com o que apresentamos.”

Abel se mostrou surpreso com o bom desempenho colorado na arrancada do Gauchão – agora são sete vitórias em oito jogos. Para ele, as atuações reforçam o vínculo com o torcedor, após um 2013 longe de casa. “A empatia com o torcedor está voltando. Com um bom resultado, uma boa atuação”, acrescentou. “Não esperava um momento tão bom.”

No entanto, ainda é cedo para comemorar: “Tem que evoluir muita coisa. Algumas coisas já estão saindo de olho fechado e outras ainda temos encontrado dificuldade”, analisou. “O mais importante é que estamos fazendo as coisas dentro do planejamento”, complementou o treinador, que adiantou que os titulares entrarão em campo na terça-feira, contra o Juventude. “Essa equipe está precisando fazer um jogo três dias depois.”

Abel lamenta não jogar no Beira-Rio terça-feira

A principal lamentação de Abel após o jogo foi descobrir que o Inter não atuará no Beira-Rio na terça-feira. “Não entendo o motivo do porquê. São jogos de campeonatos, oficiais. Mas em nível de Copa do Mundo e Fifa são jogos testes. E tudo ocorreu às mil maravilhas. Não vejo porquê. Vai dizer que estamos num campo pior que o dos outros?”, questionou.

Um dos técnicos que mais comandou o Inter na história, Abel destacou a beleza do reformulado Beira-Rio. Mas também a “alma” do estádio e a conexão com a torcida: “Essa identidade que volta a se criar novamente”, definiu.

Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba e Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.