Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

  • 19/02/2014
  • 23:55
  • Atualização: 00:25

Grêmio devolve virada e derrota o Caxias por 3 a 2

Atacante Barcos marcou duas vezes na partida no Estádio Centenário

Barcos marcou duas vezes no Centenário | Foto: Edu Andrade / Fato Press / Folhapress / CP

Barcos marcou duas vezes no Centenário | Foto: Edu Andrade / Fato Press / Folhapress / CP

  • Comentários
  • Bernardo Bercht / Correio do Povo

O Grêmio tomou dois sustos em sequência, mas se recompôs na noite desta quarta-feira para vencer no Estádio Centenário. Um primeiro tempo de movimentação frenética chegou a ver o Caxias virar o placar, mas o Tricolor fez valer a maior qualidade e definiu a vitória em 3 a 2.

A vitória garante o Grêmio no topo da tabela do Grupo B, com 18 pontos. O Caxias, por sua vez, segue em situação complicada, com oito pontos e o sexto lugar. O Tricolor volta a campo no sábado, quando recebe o Novo Hamburgo na Arena.

Luan comanda produção ofensiva

O primeiro tempo começou devagar, mas explodiu em movimentação a partir dos 18 minutos. Grêmio e Caxias partiram com tudo e anotaram quatro gols em menos de 15 minutos, em vários lances de bom futebol. Perigo na área de algum time só aconteceu aos 7 minutos. Destaque tricolor na partida, Luan recebeu bola no flanco esquerdo, driblou Léo na parada da bola e invadiu a área. Mesmo com pouco ângulo, tentou chutar colocado na gaveta, mas bola passou tirando tinta da trave.

Foi novamente ele que apareceu aos 18 minutos: o Caxias tinha falta a seu favor, mas cobrou errado. Luan foi esperto, recuperou a bola e fez lançamento primoroso para Zé Roberto. Ninguém ganhou na corrida do veterano, que deu um biquinho na saída do goleiro para abrir o placar.

Mas nem deu tempo para os gremistas comemorarem, em duas falhas graves da zaga na bola aérea. Aos 21 minutos, Rafael Carioca cruzou da esquerda e Julio Madureira apareceu livre no primeiro pau para empatar de cabeça, sem chances para Busatto. Aos 24, Rhodolfo voltou a falhar a marcação. Na cobrança de escanteio, Baiano cabeceou livre e virou a partida.

Aí foi a vez do Tricolor ir com tudo para cima tentar o empate. Aos 30, Luan arriscou de fora da área e Douglas espalmou no canto direito. Werley pegou o rebote, mas perdeu tempo no domínio e chutou prensado. Três minutos depois, contudo, fez água a defesa caxiense. Barcos recebeu na direita de Luan, bateu forte para a área, mas a bola desviou em Dieyson, matando o goleiro no lance para a primeira etapa terminar 2 a 2.

Barcos marca golaço e Tricolor controla a vitória


A segunda etapa seria bem diferente da primeira, no entanto. O Grêmio aproveitou uma falha geral do Caxias para virar a seu favor a partida. Busatto deu um balão para frente, a zaga grená não acompanhou, mas Barcos acreditou. O Pirata correu para o gol, deu um peteleco embaixo da bola e marcou um golaço de cobertura para fazer o 3 a 2.

O gol derrubou de vez a equipe caxiense e o Tricolor se organizou lá atrás. O jogo esfriou e apenas o Grêmio especulou lances ofensivos a partir daí. Destaque para o estreante Dudu, que entrou no lugar de Ramiro. Ele descolou um cruzamento na cabeça de Barcos, que mandou no travessão; e ainda chutou bem de fora da área para defesa no canto esquerdo de Douglas.

No fim da partida, Luan voltou a aparecer e lançou Barcos na cara do gol, mas o goleiro se antecipou para evitar mais um do argentino. A vitória tricolor, porém, veio após susto com duas faltas a favor do Caxias nos acréscimos. O time grená até criou chance, mas Busatto confirmou os três pontos.  

Gauchão - 9ª rodada


Caxias 2
Douglas; Léo, Tiago, Jean e Dieyson; Baiano, Alisson, Wallacer e Rafael Carioca; Lucão e Julio Madureira
Técnico: Antônio Piccoli

Grêmio 3
Busatto; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Edinho, Ramiro, Riveros e Zé Roberto; Luan e Barcos. Técnico: Enderson Moreira.

Gols: Zé Roberto (18min/1ºT) e Barcos (33min/1ºT e 3min/2ºT)), para o Grêmio; Júlio Madureira (21min/1ºT) e Baiano (24min/1ºT), para o Caxias.
Cartões amarelos: Rhodolfo, Edinho e Dudu (G)
Arbitragem: Jean Pierre Lima, com Júlio Cesar dos Santos e Paulo Ricardo Conceição.
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS).

Bookmark and Share