Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 28/02/2014
  • 17:11
  • Atualização: 17:27

Técnico do Grêmio alerta para o lado traiçoeiro da Libertadores

Enderson Moreira diz que todas as equipes do grupo têm chances de classificação

Treinador gremista diz que é preciso manter a atenção e o foco 100% | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Treinador gremista diz que é preciso manter a atenção e o foco 100% | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

  • Comentários
  • Lancepress

Mesmo na liderança do Grupo 6 da Libertadores com 100% de aproveitamento após duas rodadas, o técnico do Grêmio, Enderson Moreira, mantém a posição de que trata-se de um grupo complicado e alertou para o lado traiçoeiro da Libertadores. O treinador comentou a goleada do Newell's Old Boys, próximo adversário Tricolor na Libertadores, em cima do Nacional (URU), que jogaram na última quinta-feira à noite. 

"Continuo achando que é um grupo extremamente difícil. Não foi nenhum resultado anormal (a goleada), com o Newell's Old Boys jogando em seus domínios. Evidentemente que nos chama atenção o placar, mas o resultado é uma coisa natural. O Newell's é uma equipe muito qualificada, assim como o Nacional. (O time uruguaio) Teve uma noite ruim. Isso acontece. Tenho certeza que todas as equipes estarão preparadas para os próximos confrontos", concluiu o comandante tricolor.

O treinador lembrou o Cruzeiro na edição de 1997. O time de Belo Horizonte teve três derrotas em seus três primeiros compromissos – uma delas para o próprio Grêmio –, mas se recuperou e conquistou a classificação. "Foi o que falei um tempo atrás. O Cruzeiro começou muito mal e terminou erguento a taça. É uma competição que te surpreende. É raro ver o que aconteceu com o Atlético-MG, que teve a melhor campanha o ano passado e conseguiu o título. A gente tem que estar preparado, que essa competição é traiçoeira, te leva para várias situações", disse Enderson.

Grêmio e Newell's se enfrentarão no próximo dia 13, na Arena, em partida pela terceira rodada do Grupo 6 da Libertadores. Dois dias antes, o Atlético Nacional terá o Nacional (URU) pela frente, no Atanasio Girardot, no Uruguai.

Bookmark and Share