Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 28/02/2014
  • 21:20
  • Atualização: 21:40

Misto do Inter goleia o Esportivo em Novo Hamburgo

Winck, Wellington Paulista e Alan Patrick marcaram os gols da décima vitória no Gauchão

Inter chegou à décima vitória no Gauchão | Foto: Alexandre Lops / Inter / CP

Inter chegou à décima vitória no Gauchão | Foto: Alexandre Lops / Inter / CP

  • Comentários
  • Bernardo Bercht / Correio do Povo

O misto do Inter mostrou qualidade e aproveitou a fragilidade do Esportivo para vencer de goleada, nesta sexta-feira no Estádio do Vale. A vitória por 3 a 0 veio com boas jogadas trabalhadas, mas com a contribuição da defesa desorganizada do clube da Serra.

Agora com 31 pontos – e já classificado às quartas de final do Gauchão –, o Colorado volta a campo na quarta-feira de cinzas, diante do São José, no Estádio do Vale. O Esportivo segue o calvário com 10 pontos, na lanterna do Grupo A.

A preocupação do Inter com o desgaste por conta da sequência de jogos em dois dias ficou um pouco em segundo plano na primeira etapa. Os colorados fizeram a bola correr por eles e pouco foram ameaçados pelo Esportivo, que também enfrenta maratona de partidas.

Esportivo se resume a dois lances e Colorado manda no jogo


Logo aos dois minutos o "mistão do Abel" levou perigo à meta do goleiro Vinícius. Alan Patrick dominou na entrada da área e chutou de primeira para a bola passar rente ao poste esquerdo. Dois minutos depois, Cláudio Winck cobrou falta no ângulo esquerdo e Vinícius fez uma grande defesa.

Aos seis, Claitinho conseguiu um dos poucos desafogo da equipe de Bento. Ele escapou pelo meio, cortou a zaga do Inter e arriscou o chute de fora da área. Muriel acompanhou o lance que saiu em tiro de meta. Ele conseguiria mais um lance de frente pelo lado direito e, sem Muriel trabalhar, o Esportivo resumiu a isso sua atuação ofensiva.

O castigo pela inoperância veio aos 18 minutos. Alex cruzou para a área e Cláudio Winck surpreendeu ao subir de cabeça e deslocar a bola para o canto esquerdo, sem chance de defesa. Lateral com credenciais de artilheiro a jovem promessa.

Inter amplia com facilidade

A partir daí, o Colorado descansou um pouco e retomou a pressão apenas no fim da etapa. Aos 40, não precisou apertar muito para ampliar. Alex invadiu a área com bola dominada, trombou contra o zagueiro e Wellington Paulista estava esperto para pegar a sobra. Sem enfeitar, chutou a bola para o canto esquerdo e anotou o 2 a 0.

No segundo tempo, o Esportivo tentou avançar a marcha e pressionar na saída de bola, mas parou na marcação do Inter, principalmente em Ernando, de boa atuação. E daí o jogo voltou para a realidade do primeiro tempo, com o Inter em pleno comando das ações.

Com o adversário aberto na intermediária, sobrou espaço para Alex e Alan Patrick experimentarem de fora da área. O veterano foi primeiro, chutando forte e perto do gol, raspando o travessão. Aos 15, o Esportivo ainda teve oportunidade de descontar com Claitinho cobrando falta frontal após Alan Ruschel botar a mão na bola. O chute raspou na barreira e Muriel fez grande defesa no ângulo esquerdo, sua única na partida.

O Colorado seguiu trabalhando o toque de bola e buscando espaços até definir a goleada. Aos 25, Alan Patrick chutou forte, a bola quicou no gramado e ganhou velocidade, entrando no canto esquerdo sem chances para Vinícius. Estava decretado o fim de jogo com mais vinte minutos de bola para rolar. Ambas as equipes reduziram o ritmo para valer, com o Esportivo esboçando apenas um último lance de perigo. Ceará tabelou na entrada da área com Claitinho e chutou no quice a bola para o gol. Passou perto da trave esquerda, mas sem dar trabalho a Muriel.

Bookmark and Share