Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
23ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

01/03/2014 18:12 - Atualizado em 01/03/2014 20:30

Grêmio tropeça diante do São Paulo-RG e perde por 2 a 1

Gramado ruim e apagão no segundo tempo atrapalharam o Tricolor em Rio Grande

Grêmio tropeça diante do São Paulo-RG e perde por 2 a 1<br /><b>Crédito: </b> Flavio Neves Folhapress / CP
Grêmio tropeça diante do São Paulo-RG e perde por 2 a 1
Crédito: Flavio Neves Folhapress / CP
Grêmio tropeça diante do São Paulo-RG e perde por 2 a 1
Crédito: Flavio Neves Folhapress / CP

Após a goleada e bela exibição contra o Atlético Nacional no meio da semana, pela Libertadores, os titulares do Grêmio tropeçaram na tarde deste sábado diante do São Paulo de Rio Grande, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Gaúcho. Em um jogo fraco tecnicamente, um pouco por culpa do gramado ruim do Estádio Aldo Dapuzzo, o Tricolor criou pouco e foi derrotado por 2 a 1.

Foi a primeira derrota da equipe titular no início desta temporada. Apesar do resultado, o Grêmio segue líder do grupo B, com 21 pontos. O São Paulo deixou a zona do rebaixamento e soma 11 pontos, em quintos lugar da mesma chave. Na próxima rodada, o Tricolor encara o Cruzeiro nesta quarta-feira, às 22h, fora de casa.

Campo ruim e supremacia gremista

As poças da água e o estado do campo prejudicaram bastante o primeiro tempo em Rio Grande. O time da casa não se intimidou diante do Grêmio e foi partiu para o ataque nos primeiros minutos da partida. Sem muita qualidade, o São Paulo não ameaçou e deixou espaços abertos no seu sistema defensivo.

Não demorou muito para o Tricolor assumir a supremacia da partida. A partir daí a pressão gremista foi grande. Aos nove minutos, Wendell passou pela esquerda e recebeu lançamento de Ramiro. O ala cruzou forte para Barcos, mas Júnior Sergipano foi mais rápido e afastou.

Em seguida, a zaga da equipe da zona Sul deu bobeira em um cruzamento e Riveros quase marcou. Aos 17, em boa falta na meia esquerda, Ramiro soltou um bicão e acertou o zagueiro adversário.

A bola por pouco entrou na meta no lance seguinte. Zé Roberto cobrou escanteio fechado, Bressan desviou de cabeça e Pablo fez grande defesa. Em seguida, Barcos dominou na área e finalizou fraco. Mas a pelota quicou e quase enganou o arqueiro do oponente.

Diante das dificuldades do time, o técnico Luis Lombardi fez sua primeira alteração ainda no primeiro tempo. Ele mandou a campo Nata e sacou Michel. A mudança surtiu efeito e o São Paulo passou a controlar as ações gremistas.

A primeira boa conclusão do time de Rio Grande ocorreu somente aos 25 minutos. Chumbinho roubou a bola de Edinho na saída do Grêmio, ajeitou para a esquerda e finalizou para fora. No final, Carlos Roberto fez bonita jogada individual e tentou encobrir Grohe. A conclusão passou muito perto da meta.

Apagão no segundo tempo

O Grêmio sofreu um apagão no segundo tempo e o São Paulo aproveitou para abrir o placar. Os primeiros minutos se resumiram a chutões e ligações diretas de ambos os lados.

O Leão de Rio Grande se acertou em campo e começou a pressionar os tricolores. Na marca dos oito minutos, Grohe teve que trabalhar duro e salvar o Grêmio. Após cobrança de falta, a bola sobrou para Murilo na esquerda e ele bateu cruzado. O camisa 1 espalmou com a ponta dos dedos.

O gol era questão de tempo. Aos 12 minutos, Nêgo levantou na área e Carlos Alberto se adiantou à zaga, pegando a pelota de primeira, sem chance para Grohe. A pressão dos donos da casa cresceu após o gol. Em seguida, Nêgo mandou uma bomba cruzada. O camisa 1 gremista defendeu.

Num rápido contragolpe, Nata levou um carrinho de Wendell e o árbitro deu pênalti. Os gremistas reclaram que a falta ocorreu fora da área. Murilo cobrou a penalidade com categoria e fez 2 a 0 aos 22 minutos. A torcida local explodiu de alegria a partir daí.

O Tricolor demorou para despertar apesar do resultado adverso. Aos 33, Bressan acertou de cabeça, mas a bola ficou fácil para a defesa. Na sequência, Riveros quase descontou. Ele desviou cruzamento da esquerda e a bola caiu ao lado do poste.

O desespero gremista era tanto que uma lambança da zaga por pouco não resultou em 3 a 0 para o adversário. Rhodolfo recuou para Grohe, a bola quicou e atrapalhou o goleiro, que correu para evitar o gol contra.

No final, o Grêmio descontou com Dudu. Após chute de Riveros, o goleiro deu rebote e o atacante estava bem posicionado para finalizar – 2 a 1. Com mais condições físicas, o Tricolor mandou todo mundo para a área adversária e passou a apostar nos lances aéreos a todo momento. Mas não deu tempo para um empate.

Gauchão - 11ª rodada

São Paulo (Rio Grande) 2
Pablo; Nêgo, Cesinha, Júnior Sergipano e Correia (Vanderlei); Balduíno, Michel (Nata), Guilherme e Murilo; Chumbinho (Gilian) e Carlos Alberto. Técnico: Luis Lombardi.

Grêmio 1
Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Bressan e Wendell; Edinho, Ramiro, Riveros e Zé Roberto (Dudu); Luan (Maxi Rodríguez) e Barcos (Lucas Coelho). Técnico: Enderson Moreira.

Cartões amarelos: Correia, Murilo, Cesinha e Balduíno (SP); Ramiro, Riveros e Wendell (G).
Gols: Carlos Alberto (12min/2ºT) e Murilo (22min/2ºT); Dudu (41 min/2ºT).

Local: Estádio Aldo Dapuzzo, em Rio Grande
Árbitro: Eleno Gonzalez Todeschini (RS)
Auxiliares: Alduino Mocelin (RS) e Vilmar Burini (RS)


Bookmark and Share

     Ouça o áudio: Gols da partida (Rádio Guaíba)


Fonte: Laion Espíndula / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.