Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
14º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

05/03/2014 21:24 - Atualizado em 06/03/2014 00:40

Inter empata em 1 a 1 com o São José no Estádio do Vale

Franciel marcou o gol do Zequinha e Rafael Moura deixou tudo igual na segunda etapa

Rafael Moura marcou o gol Colorado
Crédito: Alexandre Lopes / Divulgação / Inter /CP

Franciel, nome de vilão de literatura policial. Na noite desta quarta-feira, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, ele (quase) foi o carrasco colorado. Numa desatenção completa do sistema defensivo do Inter, o atacante do São José, livre, dominou a bola e tocou no canto de Dida. Jogadores colorados reclamaram. O técnico Abel Braga reclamou. A torcida no estádio: idem. Porém, não adiantou: gol do São José. No segundo tempo, Rafael Moura, o atacante super-herói, deixou tudo igual, após bela jogada de Wellington Paulista. Com o empate, o Colorado chega aos 32 pontos na classificação e o São José chega aos 18 e ainda luta por uma vaga na fase seguinte.

No primeiro tempo, o Inter foi, até os 30 minutos, frouxo na marcação, lento na saída de bola e errou passes e finalizações. O São José mostrava mais ânimo, mas faltava qualidade técnica no penúltimo e último toque. O Zequinha chegava com certa facilidade pelos flancos. Porém, ninguém acertava o arremate. O Inter demorou para adiantar a marcação e levar algum perigo contra o gol de Luiz Carlos. Aos 36, após um escanteio, Alan Patrick cruza na medida para Rafael Moura, dentro da área. O atacante colorado gira rápido e bate forte: Luiz Carlos espalma e o zagueiro Jonas, em, cima da linha, afasta completamente. Aos 44, Alex, caçado em campo, cobra falta no ângulo. Luiz Carlos vai buscar e manda pra escanteio. E o São José? O único lance em que acertou os dois últimos toques na bola: lançamento na medida e arremate, fez o gol. Na defesa, esteve sempre bem postado e conseguiu evitar perigo maior.

Abel Braga, o técnico "paizão", puxou a orelha dos jogadores. A equipe voltou mais concentrada. Tocando a bola em velocidade, achava mais espaços para chutar e passou a dar trabalho ao goleiro Luiz Carlos. Aos 9 minutos, Fabrício foi à linha de fundo e cruzou na medida para Gilberto. Ele cabeceou e a bola tirou tinta da trave. O Inter seguia na pressão. Em outra jogada, Alan Patrick invadiu a área fazendo fila e foi derrubado; o juiz não marcou nada. O Colorado abusou das jogadas pela linha de fundo, mas errava nos cruzamentos. Foi, então, preciso chegar pelo meio. Numa bela jogada de Wellington Paulista, aos 34 minutos, que de um passe de categoria para o atacante super-herói, artilheiro da equipe, Rafael Moura bater de primeira, à meia-altura e estufar as redes do São José: alívio. Depois disso, o São José se fechou e tentou encaixar um contra-ataque mortal, o que não ocorreu. O Inter seguiu pressionando, mas sem muita organização tática. Ainda teve, aos 46, com Wellington Paulista, de cabeça, ver a bola passar perto do gol. Alívio, mas do São José. O Inter volta a jogar no próximo domingo, dia 9, contra o Aimoré, em São Leopoldo. Já o São José vai até Veranópolis enfrentar os donos da casa.

Gauchão - 12ª rodada

Inter (1)

Dida; Gilberto (Wellington Paulista, 21'/2ºT), Paulão, Ernando e Fabrício; Willians, Alan Patrick, Alex, D'Alessandro (João Afonso, 29'/1ºT) e Jorge Henrique (Eduardo Sasha, 27'/2ºT); Rafael Moura. Técnico: Abel Braga

São José (1)
Luiz Carlos; Bindé, Marcelo Oliveira (Everton, 17'/2ºT), Julio Santos e Brida; Jonas, Ramos, Chiquinho Rezende (Sander, 28'/2ºT) e Rafinha (Navarro, 43'/2ºT); Jean e Franciel. Técnico: Ben-Hur Pereira

Gols: Franciel, 28'/1ºT e Rafael Moura, 34'/2º.
Arbitragem: Fabrício Neves Correa, auxilado por Paulo Conceição e Elio de Andrade Jr.
Cartões amarelos: Paulão, Rafael Moura e Eduardo Sasha (Inter); Marcelo Oliveira e Ramos (São José)

Bookmark and Share


     Ouça o áudio: Gols da partida


Fonte: Rodrigo Celente / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.