Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Gauchão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

07/03/2014 13:40 - Atualizado em 07/03/2014 14:53

Márcio Chagas relata caso de racismo em súmula

Documento da partida entre Esportivo e VEC foi divulgado pela FGF na tarde desta sexta

A súmula da partida entre Esportivo e Veranópolis, na quarta-feira, pelo Gauchão, foi divulgada na tarde desta sexta pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF). No documento, o árbitro da partida Márcio Chagas da Silva relata que foi vítima de racismo durante e após o confronto. Conforme contou à imprensa, o profissional diz no documento que encontrou bananas espalhadas pelo seu carro depois do jogo.

• Esportivo convoca torcida para identificar autores de caso de racismo
• Procurador-geral do MP cobra punição ao Esportivo em caso de racismo
• Esportivo registra ocorrência por difamação contra Márcio Chagas
• “Acontece mais na Serra”, lamenta Márcio Chagas

"Relato, ainda, que após a partida, enquanto nos preparávamos para sair do Estádio da Montanha dos Vinhedos, observamos que meu carro havia sido amassado a pontapés, e que riscaram a lataria com algum objeto contundente. Colocaram bananas por cima e no cano de descarga do mesmo", escreveu na súmula. "Cito que o local de estacionamento é privado do clube Esportivo, em frente ao vestiário da arbitragem, com acesso exclusivo dos árbitros e funcionários do clube, já que o mesmo é fechado por um portão", acrescentou.

Em anexo, o juiz publicou também o Boletim de Ocorrência feito no dia posterior em Porto Alegre. Conforme Chagas da Silva, ele foi alvo de insulto de parte dos torcedores do Esportivo também durante o duelo no estádio Montanha dos Vinhedos. 

"Conduta do público muito ruim, hostil e desrespeitosa, com manifestações racistas por parte dos torcedores do Esportivo. Estes proferiram as seguintes palavras enquanto nos dirigíamos ao vestiário da arbitragem: 'Volta para selva seu negro macaco, ladrão, safado, imundo. Temos que matar vocês todos seus negros sujos. Márcio Chagas, tu é a escória do mundo, seu lixo, mal intencionado'. Estas ofensas aconteceram desde a entrada no campo de jogo para o início e reinício da partida", completou. 

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.