Correio do Povo

Porto Alegre, 29 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
13º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

12/03/2014 09:41 - Atualizado em 12/03/2014 09:45

Objetivo colorado é definir confronto com Remo nesta noite

Inter busca vitória com dois gols de vantagem para evitar segundo jogo

Jorge Henrique ressalta dificuldades, mas quer classificação nesta noite<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP
Jorge Henrique ressalta dificuldades, mas quer classificação nesta noite
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP
Jorge Henrique ressalta dificuldades, mas quer classificação nesta noite
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

O Remo é o adversário, digamos, oficial. Mas o clima, a chuva torrencial e, principalmente, o gramado devem interpor dificuldades consideráveis ao time colorado, que estreia na noite de desta quarta-feira, às 22h, na Copa do Brasil contra o clube paraense, no Estádio Mangueirão. O projeto dos colorados, porém, se mantém: trazer a classificação de Belém, sem precisar jogar outra vez com o adversário. Para tanto, precisa vencer por dois gols ou mais de diferença. “Todo clube grande que começa a Copa do Brasil quer eliminar o jogo de volta. Mas para conseguirmos isso, precisamos correr muito e estar concentrados”, afirmou Jorge Henrique.

A delegação colorada chegou no meio da madrugada de segunda-feira a Belém. À tarde, buscou um campo para treinar, já sabendo que não iria fazer um trabalho de reconhecimento no Mangueirão, que está interditado — pela manhã, a administração do estádio trocava pedaços inteiros de gramado para tentar melhorar suas condições.

Os dirigentes colorados, então, tentaram pegar emprestado o campo do próprio Remo. A direção do clube, porém, negou cedê-lo sob a mesma alegação: a chuva estragara o gramado. O jeito foi trabalhar no Curuzu, casa do Paysandu, onde o estado do piso era igualmente ruim.

“Já sabemos que o campo vai estar pesado na hora do jogo. O professor já nos alertou sobre isso”, continuou Jorge Henrique. Ele será um dos responsáveis por mandar a bola para a área adversária, onde Rafael Moura tentará usar a força física para concluir para o gol. O Inter não contará com D’Alessandro, que ficou em Porto Alegre tratando uma lesão muscular. Juan também não começa a partida. Em contrapartida, a equipe terá a volta do chileno Charles Aránguiz.

Bookmark and Share

Fonte: Fabrício Falkowski / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.