Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 13/03/2014
  • 20:29
  • Atualização: 23:44

Valcke faz novo alerta e critica pavimentação no entorno do Beira-Rio

Secretário da Fifa mostra preocupação com prazo apertado para instalar estruturas da Copa

Padre Cacique começou a receber asfalto em frente ao estádio | Foto: Bernardo Bercht/Especial CP

Padre Cacique começou a receber asfalto em frente ao estádio | Foto: Bernardo Bercht/Especial CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, não deixou de criticar o atraso das obras da Copa do Mundo no Brasil nem em vídeo institucional da entidade. Em publicação desta quinta-feira, no site da Fifa, ele disparou contra o entorno do Beira-Rio: "Fora do estádio de Porto Alegre não existe pavimentação".

A aplicação da cobertura asfáltica, por conta das obras de ampliação da avenida Padre Cacique, começou apenas nesta semana, depois de Valcke visitar o estádio e outros trabalhos ainda serão realizados até a via ficar pronta. "Não podemos instalar toda a estrutura de TV e os centros de hospitalidade sem pavimentação", reforçou o secretário.

"Estamos falando de mais de 140 mil metros quadrados, o que leva de dois a três meses para fazer", alertou Valcke, acrescentando que o prazo ficará muito exíguo para a instalação de estruturas importantes para o Mundial. "Estamos a três meses da Copa", lembrou Valcke. "Não é apenas a Fifa que está numa corrida, é o Comitê Organizador, o governo e todas as cidades, que ainda têm que correr com seus estádios e a infraestrutura para estarem prontas."

Valcke não perdoou as outras sedes atrasadas. "Para ser honesto, a boa notícia teria sido receber os estádios em dezembro de 2013 e não em março de 2014. Agora, a boa notícia é que nós podemos trabalhar nas questões técnicas que precisamos para a Copa do Mundo. Nós recebemos os estádios e precisamos aprontá-los para a Copa."

Bookmark and Share