Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 19/03/2014
  • 08:00
  • Atualização: 08:23

Com terceiro prazo próximo do fim, Beira-Rio segue em obras

Reforma no estádio do Inter deve ser concluída até 31 de março

Bombeiros devem vistoriar o estádio nesta quinta-feira | Foto: Ricardo Giusti

Bombeiros devem vistoriar o estádio nesta quinta-feira | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Fabrício Falcowski / Correio do Povo

Logo mais, quando for ao Beira-Rio despachar, ao invés de acomodar-se em sua sala no remodelado Beira-Rio, Giovanni Luigi terá de contentar-se com um lugar pouco mais que improvisado no Centro de Eventos. A sua sala já era para estar pronta, mas, assim como uma série de outras partes do estádio, segue em obras. E agora não são estabelecidas novas datas para a conclusão. "A impressão que temos é que não há mais prazo final. Se der para sediar a Copa do Mundo, o contrato está cumprido", observa um conselheiro, que tem participado das últimas reuniões da Comissão de Obras.

Os prazos anteriores, 31 de dezembro e 28 de fevereiro, já foram abandonados. O objetivo é ter o estádio próximo da conclusão em 31 de março. Ou seja, daqui a pouco mais de duas semanas, quando se encerra uma espécie de prorrogação concedida à construtora, conforme mostra as cláusulas do contrato entre AG, Brio e Inter reproduzidas ao lado. Sabe-se, porém, que mesmo na festa de reinauguração, dia 5 de abril, haverá muita coisa por fazer.

Nem a cobertura está concluída. Atualmente, os alpinistas conseguiram instalar a "solda" entre as membranas em aproximadamente 30% da cobertura. O Beira-Rio, aliás, deve ser vistoriado nesta quinta-feira pelos Bombeiros. Se for aprovado, sediará, com cerca de 25 mil torcedores, o jogo contra o Cruzeiro, sábado, pelo Campeonato Gaúcho. A Fifa também vai vistoriar o Beira-Rio nesta sexta-feira. E o encontrará semipronto ainda.

Trechos do Contrato

A cláusula do prazo:

• 8.1 - Prazo do contrato: o termo final para conclusão das obras descritas neste contrato é 31 de dezembro de 2013 ('prazo do contrato'), observado o quanto disposto no item 27.2. abaixo.

A cláusula da multa:

• 27.1. - Danos prefixados: em caso de atraso na entrega das obras, ressalvadas as hipóteses de alteração do prazo do contrato previstas, em conformidade com este contrato, a Contratada deverá arcar com multa quinzenal compensatória equivalente a 0,5% (meio por cento) do preço do contrato atualizado, nos termos deste contrato atualizado, nos termos deste contrato (Sic).

A cláusula do prazo extra:


• 27.2. - Período de carência. As partes acordam que, relativamente ao prazo do contrato, observado o item 27.2.1 abaixo, a Contratada fará jus a um período de carência de 90 noventa dias, de tal forma que, eventual penalidade por atraso, nos moldes da 27.1. somente será aplicada após o término deste período de carência, tudo desde que a carência não interfira com os trabalhos e preparativos do Interveniente-Anuente, da Fifa e/ou de terceiros para ultimar suas instalações no estádio Beira-Rio, com o intuito de sediar uma ou mais partidas da Copa do Mundo, conforme descrito no preâmbulo deste contrato.

Bookmark and Share