Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
15º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/03/2014 23:50 - Atualizado em 27/03/2014 00:21

Inter goleia e avança à final do Gauchão

Com 3 a 0, Colorado confirmou o Gre-Nal 400 na decisão do estadual

Inter goleia e avança à final do Gauchão<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral
Inter goleia e avança à final do Gauchão
Crédito: Fabiano do Amaral
Inter goleia e avança à final do Gauchão
Crédito: Fabiano do Amaral

O Inter mostrou eficiência e superioridade técnica por cerca de 50 minutos de jogo e definiu a goleada que encaminhou o Gre-Nal nas finais do Gauchão, a partir do próximo domingo, na Arena. O Caxias começou marcando forte, mas o posicionamento defensivo não resistiu ao toque rápido liderado por D'Alessandro. O 3 a 0 veio ao natural, com dois de Wellington Paulista e um de Alex. O resultado só não foi mais elástico no Estádio do Vale porque o time baixou o ritmo na etapa final.

O primeiro tempo começou em ritmo lento, com o Caxias fechado e não deixando o Inter construir seus ataques. O Colorado apostava em lançamentos longos pelas pontas e acabava sem boas opções de ataque. Tanto que a primeira bola a gol foi do time da Serra. Com a superioridade técnica, contudo, os donos do mando de campo precisaram apenas de dois lances para abrir o placar.

Inter precisa de dois chutes para abrir o placar


Aos oito minutos, Dida teve que trabalhar. Em bola cruzada, Tiago cabeceou perto da linha da grande área, mas o goleirão se posicionou bem e catou firme. A equipe da Serra não voltaria a ameaçar a meta até o gol colorado. O primeiro chute a gol veio apenas aos 20 minutos, quando Fabrício arriscou de fora da área. Não foi necessária uma terceira conclusão. Logo no lance seguinte, D'Alessandro chuverou para a área, Gilberto dominou e disparou uma bomba. Wellington Paulista se atirou na bola e desviou para o gol para abrir o placar.

O Colorado passou a dominar as ações, mas em falha de marcação pela direita, gerou um susto e lance polêmico. A bola foi cruzada por Mailson, que passou na costas de Jorge Henrique. Alisson puxou a meia bicicleta em direção ao gol e Paulão pulou para afastar. Só que a bola desviou no braço do zagueiro colorado e saiu. O árbitro, contudo, não marcou irregularidade e o jogo seguiu.

Bom para o Inter, que ampliou o placar aos 42 minutos. D'Alessandro dominou na frente da área e rolou para Alex. O meia dominou em um toque e disparou a canhota no outro, à la 2006, acertando o canto esquerdo de Douglas, que não teve chances de buscar e definiu o placar da primeira etapa.

Inter confirma vantagem

Se a primeira etapa apresentou dificuldades limitadas, o segundo tempo começou com a defesa caxiense escancarada para o Colorado. No primeiro minuto de jogo, Jorge Henrique recebeu no lado direito da área e cruzou rasteiro. Ninguém apareceu para marcar e Wellington Paulista fulminou para as redes decretando goleada. Aos quatro minutos, D'Alessandro fez o que quis na área e disparou belo chute no canto esquerdo. Só não foi o quarto gol porque Tiago enfiou a cabeça em cima da linha para evitar.

A partir daí, o Inter baixou a marcha e deu alguns espaços ao clube visitante. Aos 22 minutos, Mailson tabelou com Bebeto que saiu nas costas da defesa e cruzou. Lucão cabeceou na cara do gol, mas mandou em tiro de meta pelo lado esquerdo. O zagueiro Juan ainda protagonizou duas falhas de antecipação e fez faltas seguidas ao lado da área colorada, o que rendeu cartão amarelo. Pelo ar, no entanto, o time foi seguro e evitou maiores lances de ataque. Ainda teve a chance de ampliar aos 25 minutos, quando Paulão cruzou na área e Fabrício cabeceou por cima a um passo da linha do gol.

Gauchão - Semifinal


Inter 3
Dida; Gilberto, Paulão, Juan, Fabrício (Alan Ruschel); Willians (Ernando), Aránguiz, Alex, D'Alessandro e Jorge Henrique (Ygor); Wellington Paulista. Técnico: Abel Braga.

Caxias 0
Douglas; Léo, Tiago, Jean e Bebeto; Edmilson (Marcelo Carvalho), Baiano, Alisson, Wallacer e Rafael Carioca (Lucão) (Valdeir); Mailson. Técnico: Beto Campos.

Gols: Wellington Paulista (21min/1ºT e 1min/2ºT), Alex (42min/1ºT).
Cartões amarelos: Alex, Willians, Fabrício, Juan (I); Baiano, Léo, Bebeto (C).
Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima, auxiliado por Lúcio Flor e Tatiana Jacques de Freitas.
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

Bookmark and Share

Fonte: Bernardo Bercht / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.