Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 30/03/2014
  • 18:21
  • Atualização: 18:22

Willians e Paulão acusam gremistas de ofensas racistas

Volante desabafou enquanto zagueiro aplaudia torcedores do Grêmio que estavam em cima do túnel

Barcos tenta a jogada em cima do zagueiro Paulão | Foto: Mauro Schaefer

Barcos tenta a jogada em cima do zagueiro Paulão | Foto: Mauro Schaefer

  • Comentários
  • Lancepress

O Gre-Nal acabou com um clima quente. Depois da confusão nos minutos finais, entre Gilberto e Wendell, os colorados saíam do gramado da Arena após saudar os 1,5 mil colorados presentes na Arena. Foi quando Paulão caminhou em direção aos torcedores gremistas que estavam em cima do túnel que leva à zona mista. Com mãos no alto, os aplaudia ironicamente. Ele e o volante Willians reclamam de ofensas racistas.

Segundo relato do volante na saída de campo, o zagueiro foi ofendido com gritos de "uh, uh, uh" quando ia para o vestiário.

"Torcida de m..., fala mal de preto. Fizeram gritos racistas, 'uh, uh' de macaco para o Paulão. Não vale a pena, não (ir na polícia). Torcedores de m...", desabafou Willians.

O zagueiro passou encarando os torcedores que o ofenderam. Queria ver quem o havia xingado.

"Está se escondendo, moleque. Chama ele aí - gritou Paulão", antes de ir para o vestiário.

Bookmark and Share