Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
16º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

09/04/2014 10:13 - Atualizado em 09/04/2014 10:43

Beira-Rio não tem condições de sediar Gre-Nal, diz MP

Promotoria de Justiça Especializada do Torcedor enviou notificação à Federação Gaúcha de Futebol

Beira-Rio não tem condições de sediar Gre-Nal, diz MP<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti
Beira-Rio não tem condições de sediar Gre-Nal, diz MP
Crédito: Ricardo Giusti
Beira-Rio não tem condições de sediar Gre-Nal, diz MP
Crédito: Ricardo Giusti

O Ministério Público (MP) gaúcho, por meio da Promotoria de Justiça Especializada do Torcedor, emitiu nesta quarta-feira uma notificação à Federação Gaúcha de Futebol (FGF) informando que o Beira-Rio não tem condições para sediar partidas oficiais de futebol, o que inclui o Gre-Nal de domingo. 

O promotor José Francisco Seabra Mendes Júnior explicou que não foram remetidos ao MP os laudos de segurança, de vistoria de engenharia, de prevenção e combate a incêndio, de condições sanitárias e de estabilidade estrutural, previstos no Estatuto do Torcedor. Ele ressaltou que a etapa de eventos-teste já foi superada e que a partida entre Inter e Grêmio, pela final do Gauchão, é inviável sem o expresso cumprimento da lei.

A notificação reforça, ainda, que o Beira-Rio está com obras em andamento e que, sabidamente, o entorno da praça desportiva apresenta restos de materiais de construção. O documento ressalta que o estatuto prevê que a venda de ingressos seja realizada até 72 horas antes do início da partida correspondente. Segundo o MP, a FGF deve abster-se de designar qualquer evento desportivo profissional para o local até que sejam apresentados os laudos exigidos por lei.

Até essa terça-feira, o Inter demonstrava otimismo quanto à utilização do estádio Beira-Rio na final do Gauchão. O presidente Giovanni Luigi disse que não iria medir esforços para conseguir a liberação. Com o veto do MP, o clube deverá sediar a partida contra o Grêmio no estádio Centenário, que já tinha sido reservado. Um hotel em Caxias do Sul também foi agendado para receber a comissão técnica e o grupo de jogadores. A concentração deve começar no sábado à noite.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.