Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 14/04/2014
  • 12:01
  • Atualização: 12:09

Promotor diz que Pistorius discutiu com namorada antes de matá-la

Atleta foi acusado de ter humilhado Reeva Steenkamp diversas vezes

Gerrie Nel também acusa atleta de ter humilhado namorada várias vezes | Foto: Kim Ludbrook / AFP / P

Gerrie Nel também acusa atleta de ter humilhado namorada várias vezes | Foto: Kim Ludbrook / AFP / P

  • Comentários
  • AFP

O promotor Gerrie Nel afirmou nesta segunda-feira que o campeão paralímpico sul-africano Oscar Pistorius discutiu com a namorada antes de matá-la, questionando mais uma vez a versão do atleta que afirma ter atirado por engano. O promotor reiterou que, para ele, a versão de Pistorius "é tão improvável que ninguém acreditará que é razoável". Ele também acusou o atleta, que chorou em várias oportunidades desde o início do julgamento no dia 3 de abril, de derramar lágrimas de crocodilo para evitar responder as perguntas. 

O promotor assegurou que Reeva "queria ir embora no dia do assassinato e que vocês não estavam dormindo, e sim acordados", ao que Pistorius garantiu não ser verdade. "Houve uma discussão", acrescentou o promotor, antes do atleta voltar a negar. O promotor, que desde a última quarta-feira analisa uma por uma as afirmações do atleta, também o acusou de ser egocêntrico e de ter humilhado a namorada várias vezes.

Pistorius alega que matou por engano a namorada Reeva Steenkamp na madrugada de 14 de fevereiro de 2013, convencido de que um ladrão havia entrado em sua casa e se escondido no banheiro.

Bookmark and Share