Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 24/04/2014
  • 08:08
  • Atualização: 08:19

Estádio Beira-Rio perde mil cadeiras

Associados que compraram "assentos fantasmas" serão procurados pelo Inter

Estádio Beira-Rio perde mil cadeiras e capacidade fica em 50 mil | Foto: Ricardo Giusti

Estádio Beira-Rio perde mil cadeiras e capacidade fica em 50 mil | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski / Correio do Povo

Agora, é oficial: desde a fase de projetos até a instalação das cadeiras, o Beira-Rio perdeu mil lugares. Ou seja, ao invés de possuir 51,4 mil assentos, como foi prometido e divulgado pelo próprio clube, o estádio tem 50.428 assentos.

O CP antecipou, com exclusividade, a informação na semana passada. Na época, os números não eram confirmados pelos dirigentes. Variava entre 400 e 1,4 mil o déficit de lugares. Um grupo de conselheiros ameaçou fazer uma contagem extraoficial, mas foram demovidos da ideia pelos dirigentes, constrangidos.

A redução tem consequências imediatas para quase 500 associados que adquiriram cadeiras que não existem. Eles escolheram a partir de um mapa elaborado na fase de projetos do estádio, que não se confirmou na prática, quando houve a instalação dos assentos nas arquibancadas.

"Para cada problema há uma ou mais soluções. Vamos chamar os associados de forma individual e conversar", diz o vice-presidente de comunicação social, Norberto Guimarães. Segundo ele, os associados serão convidados em breve para negociar. A redução do número de cadeiras do Beira-Rio ainda é um tema que é estudado pela Fifa, que já vendeu todos os ingressos para os cinco jogos da Copa do Mundo em Porto Alegre.

Bookmark and Share