Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 29/04/2014
  • 16:13
  • Atualização: 16:49

Dono do Clippers é banido para sempre da NBA por comentários racistas

Donald Sterling não pode mais assistir a nenhum jogo ou evento da competição

Com a punição, Sterling, de 80 anos, não pode mais assistir a nenhum jogo ou evento da NBA | Foto: Robyn Beck / AFP

Com a punição, Sterling, de 80 anos, não pode mais assistir a nenhum jogo ou evento da NBA | Foto: Robyn Beck / AFP

  • Comentários
  • AFP

O proprietário do Los Angeles Clippers, Donald Sterling, foi banido para sempre da NBA devido a comentários racistas, informou nesta terça-feira Adam Silver, comissário da liga americana de basquete.  "Os pontos de vista expressados por Sterling são profundamente ofensivos e prejudiciais", declarou Silver, referindo-se a declarações do dirigente. Em conversa telefônica, ele reclamou do fato da namorada ter postado em uma rede social uma foto ao lado do ex-astro Magic Johnson, além de pedir para que ela não traga mais negros aos jogos da equipe.

Com a punição, Sterling, de 80 anos, não pode mais assistir a nenhum jogo ou evento da NBA, aparecer em nenhuma instalação do Clippers ou participar de decisões sobre o clube. Ele também foi condenado a pagar 2,5 milhões de dólares, a maior multa prevista no estatuto da NBA.

Silver também pediu para que os donos de outras equipes exerçam sua autoridade para forçar Sterling a vender a franquia do Clippers. Pelo estatuto da liga americana, ele será forçado a se desfazer da equipe se houver um acordo entre 75% dos donos das demais franquias.

De acordo com a revista Forbes, o Los Angeles Clippers está avaliado em 575 milhões de dólares. Empresário do setor imobiliário, Sterling comprou a franquia em 1981 por apenas 12 milhões. 

Bookmark and Share


TAGS » Esporte, NBA