Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 28º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

08/05/2014 19:47 - Atualizado em 08/05/2014 20:00

Andrade Gutierrez se exime de remover entulhos do entorno do Beira-Rio

Empreiteira afirmou em nota que resíduos da obra do estádio já foram descartados

Andrade Gutierrez se exime de remover entulhos do entorno do Beira-Rio<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti / CP
Andrade Gutierrez se exime de remover entulhos do entorno do Beira-Rio
Crédito: Ricardo Giusti / CP
Andrade Gutierrez se exime de remover entulhos do entorno do Beira-Rio
Crédito: Ricardo Giusti / CP

Após o prefeito José Fortunati ter advertido o Inter e a construtora Andrade Gutierrez por não terem retirado os entulhos do entorno do Beira-Rio, o grupo empresarial esclareceu, em nota, não ser responsável pelo serviço. Segundo a empresa, apenas os resíduos gerados pela reforma do estádio colorado são de responsabilidade da empreiteira.

A Andrade Gutierrez garante que os entulhos ocasionados pela obra já foram retirados e que o acúmulo de caliças já existia antes mesmo dos trabalhos de remodelação do Beira-Rio. O prefeito Fortunati alertou que, além de retardar a entrega das melhorias no entorno, o acúmulo de lixo provoca insegurança em caso de tumulto durante a Copa do Mundo. Na área antes ocupada pelas escolas de samba ao lado do estádio, o Executivo pretende realizar a ampliação do estacionamento do Inter. Com a obra, o número de vagas para automóveis pode subir de 900 para 1,4 mil.

De acordo com o Inter, apenas o presidente do clube, Giovanni Luigi, está falando sobre o caso. O dirigente, no entanto, alegou estar em reunião e não quis comentar o caso. Na terça-feira, o coordenador técnico da Secretaria Municipal de Gestão, Rogério Baú, informou que a pasta já encaminhou documentos para que a Procuradoria-Geral do Município entre com um recurso judicial contra o colorado, em função do atraso na liberação do terreno.

Confira a íntegra da nota da Andrade Gutierrez

A Construtora Andrade Gutierrez esclarece que foi responsável pela reforma do Estádio Beira-Rio e que o escopo do contrato não inclui a execução de obras no entorno. Que todo o entulho produzido pela referida obra já foi retirado do local. A construtora tem, inclusive, toda a documentação comprobatória sobre a retirada desses resíduos após o término dos trabalhos. Que o material que ainda se encontra no local já estava ali antes mesmo de os trabalhos da construtora começarem e são de inteira responsabilidade dos responsáveis pela realização de intervenções naquele local.

Bookmark and Share

Fonte: Lucas Rivas / Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.