Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 14/05/2014
  • 23:50
  • Atualização: 00:36

Inter goleia o Cuiabá e passa de fase na Copa do Brasil

Alex marcou dois e Rafael Moura e Fabrício completaram o 4 a 1 no estádio Beira-Rio

  • Comentários
  • Laion Espíndula / Correio do Povo

O Inter garantiu a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil com uma goleada sobre o Cuiabá, na noite desta quarta-feira. Diante de 25 mil torcedores no estádio Beira-Rio, o time de Abel Braga fez uma partida razoável, mas aplicou 4 a 1 no adversário. O confronto foi lento na maior parte do tempo e três gols saíram nos minutos finais.

Agora, o Colorado espera o vencedor do duelo entre Ceará e Chapecoense no torneio nacional. Antes, a equipe dá um tempo na Copa do Brasil e defende a liderança do Brasileirão no próximo fim de semana. No domingo, às 18h30min, o Inter encara o Criciúma no Heriberto Hülse, pela quinta rodada da competição.

Inter inicia melhor, mas para na forte marcação

Nesta quarta, o Inter começou melhor e tomou a iniciativa do jogo. O Cuiabá armou uma forte retranca e esperou o Colorado em seu campo. A estratégia do time de Mato Grosso funcionou até os 23 minutos, quando Alex foi lançado e fez 1 a 0. A partir daí, o ritmo do jogo diminuiu até o fim do primeiro tempo.

Mas desde cedo o Colorado partiu para o ataque. Aos sete minutos o time já conseguiu criar a primeira chance: o meia D'Alessandro acionou Rafael Moura na área, o centroavante pegou de primeira, mas a bola foi para fora. Logo depois, o He-Man testou na marca do pênalti. O goleiro Willian Alves fez boa defesa.

O Inter seguiu com maior domínio de bola, no entanto o sistema defensivo do Cuiabá trabalhava muito bem. Só aos 18 é que o Colorado chegou a assustar o goleiro da equipe mato-grossense. Rafael Moura escorou de cabeça para Alan Patrick. O meia acertou um voleio na marca do pênalti, só que mandou a bola por cima do travessão.

O gol saiu logo depois. Na marca dos 23 minutos, Alex abriu o placar para os colorados. O camisa 12 foi lançado por Rafael Moura e, na frente do goleiro, deu um toque com categoria para o fundo das redes e correu para o abraço. O adversário acordou após o 1 a 0 do Inter. No minuto seguinte ao do gol, Cleverson concluiu da entrada da área. A bola bateu na zaga e ficou na área. Depois de bate e rebate, a zaga afastou. Na sequência, Diego Oliveira aparou de cabeça um escanteio e a pelota passou perto da goleira.

O desempenho dos colorados caiu muito até o fim do primeiro tempo. O Inter trocou passes lentamente e o Cuiabá se assanhava em algumas investidas no setor ofensivo. Aos 42, Dida salvou a equipe do Beira-Rio. Gilton cobrou falta na área e Luís Eduardo desviou no meio do caminho. O veterano goleiro colorado mostrou reflexo e se atirou e espalmou para o lado.

Colorado amplia após erro do Cuiabá

O Cuiabá se arriscou mais na volta do intervalo e deixou a partida mais aberta. Só que faltou ao time visitante qualidade na armação ofensiva e o Inter soube administrar o duelo. Aos sete minutos, Fabrício disparou pela esquerda em contragolpe rápido. Ele cruzou fechado e a bola passou na frente do gol.

De um erro do clube mato-grossense é que saiu o segundo gol do Colorado. Na marca de nove minutos, o Cuiabá errou o passe no meio e o Inter saiu para o contra-ataque. Aránguiz recebeu na esquerda. O chileno podia chutar, mas preferiu o cruzamento no segundo pau, onde lançou na medida para Rafael Moura testar para as redes. 

O Colorado levou um susto aos 16. No lançamento para a área, Alan Popó surgia livre na área, mas Dida deixou a meta e dividiu o lance com o atacante adversário. Melhor para o arqueiro. O Cuiabá ainda teve outra boa oportunidade em cobrança de falta. Mirita mandou uma bomba da intermediária e o camisa 1 colorado pegou a bola em dois tempos.

Três gols em cinco minutos

O grupo de Abel soube administrar a vantagem e trocou muitos passes. E deixou para acelerar no fim do jogo. Aos 34, D'Alessandro quase ampliou. O argentino limpou a marcação e bateu forte. Willian Alves realizou excelente defesa. Aproveitando o cansaço do oponente, Alex ampliou aos 40 minutos. Ele recebeu livre na esquerda e fuzilou cruzado: 3 a 0.

Quatro minutos depois foi a vez do lateral Fabrício deixou a sua marca. No cruzamento para a área, o ala desviou a bola e tirou o goleiro do Cuiabá da jogada. E ainda teve tempo para o gol de honra do adversário. Aos 45, Alan Popó foi lançado e, de cavadinha, meteu para o gol de honra do Cuiabá – e para a alegria dos dois torcedores uniformizados da equipe visitante nas arquibancadas.

Copa do Brasil - Segunda fase

Inter 4
Dida; Gilberto (Diogo), Ernando, Juan e Fabrício; Willians (Ygor), Aránguiz, Alex, Alan Patrick (Jorge Henrique) e D’Alessandro; Rafael Moura. Técnico: Abel Braga.

Cuiabá 1
Willian Alves; D. Baia, L. Eduardo, Mirita e Gilton; Bosco, D. Oliveira, Everton César e Gilsinho (Alan Popó); Aldair e Cleverson (Washington, Vinicius Kiss). Técnico: Luciano Dias.

Gols: Alex (23min/1ºT e 40min/2ºT), Rafael Moura (9min/2ºT) e Fabrício (44min/2ºT); Alan Popó (45min/2ºT). 
Cartões amarelos: D’Alessandro (I); D. Baia (C).

Público: 25.523
Renda: R$ 621.960,00
Árbitro: Marcelo de Souza (SP).
Local: Beira-Rio.


Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte