Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 01/06/2014
  • 19:02
  • Atualização: 19:20

Enderson lamenta empate com Palmeiras, mas vê Grêmio “vivo” no Brasileiro

Técnico crê que paralisação para a Copa servirá para o grupo se recuperar do desgaste físico

Enderson Moreira lamentou os lesionados e os jogadores que estão nas seleções de base | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Enderson Moreira lamentou os lesionados e os jogadores que estão nas seleções de base | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba e Correio do Povo

Enderson Moreira evitou criticar o desempenho da equipe do Grêmio no empate em 0 a 0 com o Palmeiras, neste domingo, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O treinador lamentou a perda de dois pontos em uma partida realizada com mando de campo do Tricolor, mas salientou a qualidade do adversário.

“Foi um jogo disputado. Nos primeiros 20 minutos, a gente teve uma postura muito boa. Poderíamos ter saído na frente do resultado e depois foi um jogo difícil, como temos enfrentado durante todo o campeonato. O Palmeiras é um time de muita força e qualidade. Lamentamos profundamente, pois queríamos a vitória, mas não foi possível”, declarou Enderson Moreira.

Ao comentar o desempenho do Grêmio nas primeiras nove rodadas do Campeonato Brasileiro, o treinador considerou aceitável a sexta colocação e lembrou que o clube irá para a paralisação para a Copa do Mundo a quatro pontos do líder Cruzeiro. Enderson ressaltou ainda que a parada será fundamental para descansar a equipe que vem de 36 jogos em cinco meses.

“Estamos em uma boa classificação no campeonato. Não adianta terminar em primeiro agora e no final não chegar na primeira colocação. É importante estarmos próximos. Vamos ficar a quatro pontos do líder. É uma diferença que não é tão grande, apesar de ser uma equipe extremamente qualificada. Temos dois confrontos e podemos tirar a diferença. Temos que estar vivos, como estamos. O campeonato está muito parelho e temos que pensar para frente”, afirmou o técnico.

Após a partida, o grupo gremista ganhará 15 dias de férias. No dia 16 ocorre a reapresentação em local a ser definido. O próximo compromisso será contra o Goiás, na Arena, provavelmente no dia 16 de julho, pois ainda depende da confirmação da tabela pela Confederação Brasileira de Futebol.

Bookmark and Share