Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 08/06/2014
  • 11:43
  • Atualização: 11:51

Corpo de Fernandão será transportado em caminhão do Corpo de Bombeiros

Enterro do ex-capitão colorado irá ocorrer por volta das 15h

Goleiro Renan foi um dos ex-companheiros de Fernandão presentes no velório | Foto: Divulgação Goiás / CP

Goleiro Renan foi um dos ex-companheiros de Fernandão presentes no velório | Foto: Divulgação Goiás / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O corpo de Fernandão será transportado em um caminhão do Corpo de Bombeiros de Goiás do ginásio da Serrinha até o Cemitério Jardim das Palmeiras na tarde deste domingo. O velório do ex-capitão colorado recebeu centenas de pessoas. O enterro do ídolo e ex-capitão do Inter está previsto para as 15h, no Cemitério Jardim das Palmeiras.

• Mais informações do acidente de Fernandão

A cerimônia no ginásio se iniciou pouco depois das 20h deste sábado, com a presença de familiares e amigos do atleta. Desde antes do início do velório, centenas de pessoas se reuniam do lado de fora da Serrinha, ginásio do Goiás, onde acontece a cerimônia. O velório foi aberto ao público por volta das 22h

“Era um cara especial. Diferente mesmo. É uma perda muito grande para todos que tiveram a felicidade de conviver com ele. Era uma pessoa muito especial e todo mundo que passou algum tempo perto dele vai ficar com a lembrança. Era um cara sério, mas que também sabia brincar e alegrar. A gente vê esse número grande de pessoas, isso mostra a pessoa que ele era”, disse o goleiro Renan, atualmente no Goiás, à Rádio Guaíba.

O presidente do Inter, Giovanni Luigi, foi ao velório acompanhado do ex-presidente Fernando Carvalho e outras pessoas ligadas à direção do clube. O meia colorado Alex compareceu ao ginásio da Serrinha. Além de Renan, outros ex-jogadores do Inter como o Lauro, o ex-goleiro André Doring e o ex-atacante Iarley estiveram no velório. Dezenas de coroas de flores foram colocadas próximas ao lado do caixão do ex-jogador, que recebeu homenagem de amigos, como os cantores Zezé Di Camargo e Luciano.

Em Porto Alegre, mais de 4 mil pessoas percorreram a avenida Padre Cacique e transformaram o Centro de Visitantes do Beira-Rio em uma espécie de memorial. Na manhã desta domingo, alguns colorados ainda comparecem ao estádio para prestar homenagem ao ídolo. Para esta tarde, às 17h, será celebrada uma missão no auditório Araújo Viana para homenagear o ex-camisa 9.

Bookmark and Share