Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 08/06/2014
  • 19:04
  • Atualização: 22:58

Missa em homenagem a Fernandão é marcada pela emoção

Auditório Araújo Vianna, em Porto Alegre, ficou praticamente lotado de colorados

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Araújo Vianna foi palco de um espetáculo diferente na tarde, começo da noite deste domingo. A missa organizada pelo Internacional para homenagear Fernandão, o seu eterno capitão, que morreu no último sábado em um acidente de helicóptero no estado de Goiás, foi marcada pela emoção do primeiro ao último minuto. Foi uma despedida, uma maneira de agradecer ao jogador que levou o clube a atingir os maiores feitos da história moderna do Internacional.

• Leia mais notícias sobre Fernandão

Torcedores, que praticamente lotaram o Araújo, gritavam quando os telões exibiam os gols de Fernandão, o camisa 9 do Mundial e da Libertadores de 2006, quando foi mostrado o depoimento gravado para o espetáculo de reabertura do Beira-Rio e do vídeo que mostra Fernandão, após a conquista do Mundial, no Beira-Rio,  cantar "vamo, vamo Inter" em dezembro de 2006. A torcida relembrou o grande momento cantando novamente, agora, em homenagem ao ídolo. Em meio aos gritos de Uh, Fernandão, lágrimas e soluços.

O ato teve início com o vídeo feito há poucos meses e divulgado durante a abertura do Beira Rio em que o camisa 9 declara sua paixão e gratidão pelo Internacional. Discursos e imagens lembraram a trajetória de Fernandão no clube.  “Ele foi o herói de uma geração”, definiu a vice-presidente do clube, Diana Raquel de Oliveira. “Enquanto viver um colorado, ele viverá junto nas nossas memórias e nos nossos corações”, declarou em meio as lágrimas a colorada Ana Maria Leal Matos.

• Confira a trajetória de Fernandão no Internacional 


Bookmark and Share