Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 18/06/2014
  • 10:38
  • Atualização: 11:34

Orange Square contagia brasileiros e turistas

Festa da torcida holandesa no Largo Glênio Peres quebrou rotina no Centro

Orange Square atraiu milhares de pessoas ao Largo Glênio Peres | Foto: Tiago Medina / Especial CP

Orange Square atraiu milhares de pessoas ao Largo Glênio Peres | Foto: Tiago Medina / Especial CP

  • Comentários
  • Tiago Medina / Correio do Povo

Três dias depois de os franceses gritarem até cansar o “Allez les Bleus” no Centro, uma festa em laranja (e tons de amarelo) tomou conta do Largo Glênio Peres. Desde às 8h centenas – e depois milhares – de pessoas, entre torcedores de Holanda, Austrália, turistas e transeuntes, reuniram-se para a Orange Square, a tradicional festa dos fãs holandeses antes dos jogos da Copa do Mundo. Holanda e Austrália se enfrentam às 13h no Beira-Rio.

“Porto Alegre é melhor que Salvador”

Para a jornalista holandesa Annelieke Dijkstra, a festa em Porto Alegre estava melhor que a de Salvador – cidade onde a Holanda estreou na Copa. “Em Salvador não teve muitas pessoas e música. A festa foi maior aqui”, comparou ela, que elogiou a receptividade dos gaúchos após dois dias na Capital. “Gostei muito daqui de Porto Alegre”, contou ela, em um dos decks do Mercado Público.

Annelieke está em sua terceira Copa do Mundo, viajando sempre acompanhada pelos pais. A vinda ao Brasil – que ela já tinha visitado duas vezes – a agradou espcialmente. “Gosto muito do Brasil, as pessoas são muito simpáticas e te ajudam quando não sabe alguma coisa”, descreveu ela, confiante que desta vez a taça do Mundial vai para a Holanda: “Sim, estou muito feliz. Acho que pode ganhar a Copa”.

A Capital agradou o também holandês Alexander Boulgards, vestido com um chamativo terno laranja. “Achamos que a Copa do Mundo está sendo muito bem organizada pelos brasileiros. Esta é a primeira vez que estamos no Brasil e nós estamos muito felizes de estar aqui”, disse ele, que ainda arriscou um palpite: “Acho que a final do torneio será entre Brasil e Holanda e claro espero que os holandeses possam ganhar”.

No outro canto do largo, havia dezenas de australianos que, apesar de estarem prestigiando a festa dos rivais da tarde, mantinham o clima ameno de confraternização. “Está Incrível. É fora de controle esta Copa no Brasil. Está tudo pegando fogo”, comentou o australiano Franz, de Melbourne, enquanto tomava uma cerveja. “Penso que o confronto entre de hoje será um bom jogo, mas acho que vamos perder. A cidade é muito comercial.”

Uruguaios aproveitam festa e gaúchos tiram fotos

Perto dele, um grupo de cinco torcedores uruguaios recém chegados de Montevidéu também aproveitavava a festa. Para eles, Porto Alegre é escala da viagem que farão a São Paulo, onde a Celeste Olímpica enfrenta a Inglaterra amanhã, em jogo decisivo.

E entre os estrangeiros, centenas de porto-alegrenses quebraram a rotina da manhã e também aproveitaram a festa. As estudantes Maria Luiza Tonetto e Gabriela Drebes confessaram que até mataram aula para irem na festa – e tirarem fotos com os visitantes. “Os holandeses são simpáticos e tiram fotos com todos. A gente passa por aqui todos os dias indo para o cursinho, mas hoje a gente parou para a festa”, disse Maria Luiza. A alegria em laranja, porém, não contagiou totalmente Gabriela: “Nesta Copa estou a na torcida para a Alemanha”.







Assista a festa dos holandeses




Bookmark and Share