Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

  • 23/06/2014
  • 22:14
  • Atualização: 11:24

Quase 3 mil argentinos ingressam no RS em menos de 20 horas

Torcedor barra brava foi deportado duas vezes no mesmo dia

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

Cerca de 2,9 mil argentinos cruzaram a fronteira entre Uruguaiana e Paso de Los Libres, entre a madrugada e as 19h30min desta segunda-feira. A Polícia Federal informou que o número ainda não supera a média, por exemplo, de um fim de semana de temporada de verão, mas estima que o volume cresça de forma substancial, nas próximas horas.

• Seleção da Argentina desvia de torcida na chegada a Porto Alegre

A maior parte dos torcedores ingressa com carros particulares pela fronteira de Uruguaiana. A média de entrada diário de argentinos pela fronteira já havia mais do que triplicado desde o final de semana – de 400 para mais de 1,3 mil. A seleção da Argentina enfrenta a Nigéria a partir das 13h da próxima quarta-feira, no Beira-Rio.

Enquanto a Secretaria de Estado da Segurança Pública trabalha com a hipótese de acolher até 80 mil argentinos, a imprensa do país vizinho projeta que esse total possa chegar a 120 mil ou até 200 mil torcedores. A tendência é de que a estimativa argentina não se confirme, uma vez que durante todo o mês de janeiro desde ano, entraram cerca de 90 mil no Estado para a temporada de praias. Em junho, cerca de 23 mil cruzaram a Fronteira pelas unidades da PF ou pelo Aeroporto Internacional Salgado Filho.

Conforme a PF, a maioria dos argentinos ingressou por Uruguaiana. O restante entrou no Estado pelas unidades do Chuí, Jaguarão, Bagé, Santana do Livramento, São Borja e Santo Ângelo – que compreende as entradas de Porto Xavier e Porto Mauá. Deste montante, nove já foram barrados pela Polícia Federal em Uruguaiana por serem considerados barra bravas, processados ou condenados por envolvimento em crimes relacionados com o futebol.

Barra brava é deportado pela segunda vez no mesmo dia

A Polícia Federal também confirmou que um torcedor incluído na lista de 2,1 mil barra bravas que já havia sido deportado, pela manhã, ao tentar entrar no Brasil pela fronteira com Uruguaiana, voltou a ser barrado à tarde, na tentativa de ingressar pelo Rio Grande do Sul pela fronteira entre Santo Tomé e São Borja.

Bookmark and Share