Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 26 de Junho de 2017

  • 07/11/2012
  • 09:29
  • Atualização: 09:50

Estudantes protestam contra saída de professora em Porto Alegre

Docente deixará cargo para nomeação de aprovado no concurso do Magistério

Alunos realizam protesto em frente ao Colégio Protásio Alves, em Porto Alegre | Foto: Vinícius Roratto

Alunos realizam protesto em frente ao Colégio Protásio Alves, em Porto Alegre | Foto: Vinícius Roratto

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Cerca de 100 alunos do Ensino Médio do Colégio Estadual Protásio Alves realizaram uma manifestação na manhã desta quarta-feira no bairro Azenha, em Porto Alegre. O grupo chegou a bloquear um trecho da avenida Ipiranga, em frente à escola, o que provocou problemas no trânsito no sentido bairro-Centro.

Os estudantes protestaram contra a saída da professora Deborah Feijó, que leciona a disciplina de História. A educadora é contratada e trabalha há três anos na instituição, no entanto, deve deixar o cargo nas próximas semanas em função da nomeação de um novo professor, aprovado no concurso público do Magistério realizado no início deste ano. Os estudantes saíram em caminhada em direção à sede da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), para entregar um abaixo-assinado.

De acordo com a professora, os alunos organizaram o protesto quando ela anunciou que deixaria a escola, na terça-feira. “O movimento surge dos alunos por indignação. No momento que fui me despedir, dizendo que teria que sair, os alunos se mobilizaram. Inclusive tem uma circular de novembro que a Secretaria de Educação orienta que nomeados só podem ocupar vagas onde não existe professor. Efetivamente no Colégio Protásio Alves nós temos professor e isso está acontecendo indevidamente”. Na manifestação, os estudantes gritaram palavras contra o governador Tarso Genro.

Com informações da repórter Stephany Sander

Bookmark and Share