Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 11/12/2012
  • 18:08
  • Atualização: 21:32

BOE negocia com assaltantes que mantêm refém no Centro da Capital

Policiais aguardam chegada da mãe de um dos criminosos

  • Comentários
  • Correio do Povo

Uma tentativa de assalto frustrada no Centro de Porto Alegre, no fim da tarde desta terça-feira, acabou com pelo menos uma pessoa refém. Policiais do 1º Batalhão de Operações Especiais (BOE) foram acionados para a ocorrência em um prédio localizado na avenida Mauá, número 2.011, esquina com a rua Coronel Vicente.

O BOE está no interior do edifício "Klift Tower", negociando a liberação do refém. Os assaltantes pedem a presença de advogados. Conforme o major Mário Augusto, a área já foi totalmente isolada pela polícia e os funcionários da unidade comercial estão sendo liberados. Por volta das 21h, a polícia informou que a mãe de um dos assaltantes era esperada no local, por exigência.

Pouco antes das 18h, o porteiro do prédio notou que uma dupla de homens teria assaltado um estabelecimento comercial do quinto andar e parou o elevador no qual eles estavam. Entretanto, uma pessoa ficou presa com os suspeitos.

O elevador está parado no terceiro andar e a câmera de segurança foi quebrada pelos assaltantes. Por isso, não há contato visual entre negociadores e criminosos. Estão no local a Polícia Civil, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

O trânsito ficou complicado no fim da tarde. Uma das pistas da Mauá foi bloqueada e a lentidão atinge a rua da Conceição e a avenida Castelo Branco, no sentido interior-Capital. A Coronel Vicente está totalmente bloqueada entre a Mauá e a Conceição.

Com informações do repórter Tiago Medina

Bookmark and Share