Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

  • 27/01/2013
  • 08:31
  • Atualização: 08:44

Extintores não estavam funcionando, diz Corpo de Bombeiros sobre incêndio

Boate em Santa Maria possuía apenas uma porta de saída

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

A boate Kiss, em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, alvo de incêndio na madrugada deste domingo, não possuía estrutura adequada para situações como essa. Segundo o Corpo de Bombeiros do município, os extintores de incêndio não estavam funcionando e havia apenas uma saída para os frequentadores - a porta principal. “Falharam os extintores. Os primeiros que eram para funcionar, falharam. Aí até buscarem os outros, já era tarde", lamentou o bombeiro Rodrigo Rosa, que trabalhou na tragédia.

O incêndio deixou centenas de feridos, mas um número ainda desconhecido de mortos. A polícia e o Corpo de Bombeiros ainda trabalham no local, checando as circunstâncias do fogo e retirando corpos da área. Uma das suspeitas é de que as chamas tenham começado por volta das 3h com um sinalizador disparado no palco.

Além da falha nos extintores, a boate possuía apenas uma saída - a mesma porta de entrada. “Não havia saída de emergência. Somente a principal”, relatou Rosa. “É uma cena que ninguém gostaria de ver. Muito triste. Muita gente jovem morta. Muita gente morreu pela fumaça. Muitos pisoteados", comentou. "Muitas pessoas estavam amontoadas. A maioria estava no banheiro. Tudo misturado, homem e mulher", descreveu.

Com informações do repórter Renato Oliveira

Bookmark and Share