Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

07/08/2013 23:29 - Atualizado em 07/08/2013 23:39

Mercado Público tem energia elétrica restabelecida

CEEE fará revisão em todas as bancas para ativar luz nesta quinta-feira

Mercado Público tem energia elétrica restabelecida<br /><b>Crédito: </b> Cristine Rochol/PMPA/Divulgação CP
Mercado Público tem energia elétrica restabelecida
Crédito: Cristine Rochol/PMPA/Divulgação CP
Mercado Público tem energia elétrica restabelecida
Crédito: Cristine Rochol/PMPA/Divulgação CP

A nova rede elétrica do Mercado Público foi instalada e, no fim da tarde desta quarta-feira, a energia foi reestabelecida pela primeira vez desde o incêndio do mês de julho. O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, e o vice, Sebastião Melo, acompanharam o momento em que a subestação foi religada e as luzes do corredor com face para a avenida Borges de Medeiros foram acesas.

Nesta quinta-feira, às 9h, a CEEE fará uma revisão em todas as bancas conferindo quem tem Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), para ativar a energia em todos os estabelecimentos. “Há um grande esforço para que o mercado seja reaberto em melhores condições do que se encontrava. Estamos tentando compatibilizar os cronogramas de projetos, contratação e execução das obras para que sejam concluídas o mais rápido possível”, declarou Fortunati.

As bancas permanecerão ligadas por no mínimo 12 horas ininterruptas para que a vigilância sanitária verifique as condições de conservação dos alimentos. Também foi solicitado ao Corpo de Bombeiros que, na próxima sexta-feira,  seja realizada uma vistoria dos equipamentos exigidos no Plano de Prevenção de Incêndio.

O fogo que atingiu o Mercado Público no dia 6 de julho foi provocado, segundo resultado da perícia realizada pela Polícia Civil, por um curto circuito. Logo depois diversos pequenos curtos ocorreram devido ao fogo, provocando danos a grande parte da rede elétrica. A Prefeitura de Porto Alegre contratou a instalação de uma nova rede para garantir a reabertura parcial durante as obras de recuperação do prédio.

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê as exigências mínimas e garante a reabertura do Mercado Público foi assinado na segunda-feira, 5, pela Prefeitura de Porto Alegre, Ministério Público e Corpo de Bombeiros. De acordo com o documento, assim que os critérios fundamentais para a prevenção de incêndios forem atendidos o prédio estará apto a funcionar normalmente. Entre as medidas estão a implantação de alarme antifogo, placas sinalizadoras luminosas e treinamento de comerciantes para situações de risco. Também é necessário que seja realizada inspeção do Corpo de Bombeiros 48h antes.

A reabertura será feita em 3 etapas. Primeiro começam a funcionar as bancas de parte do quadrante do andar térreo, em seguida as lojas do segundo andar que não foram atingidas pelo fogo e, por fim, as lojas que ficam logo abaixo dos estabelecimentos que foram completamente destruídos pelas chamas.

O prefeito garantiu a inclusão do projeto de revitalização do Mercado Público no PAC Cidades Históricas e o aporte de recursos estimado em R$ 19,5 milhões. A verba foi confirmada na segunda-feira, em Brasília, durante reunião com a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior.


Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.