Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

05/12/2013 14:27 - Atualizado em 05/12/2013 15:03

Defesa Civil registra mais de 600 desalojados no RS

Falta de luz atinge 108 mil clientes no Estado

Distrito Túnel Verde foi destruído pela chuva de granizo<br /><b>Crédito: </b> Bira Kreceski / Divulgação / Prefeitura de Pinhal / CP
Distrito Túnel Verde foi destruído pela chuva de granizo
Crédito: Bira Kreceski / Divulgação / Prefeitura de Pinhal / CP
Distrito Túnel Verde foi destruído pela chuva de granizo
Crédito: Bira Kreceski / Divulgação / Prefeitura de Pinhal / CP

O balanço da Defesa Civil aponta para 648 desalojados no Rio Grande do Sul em razão dos temporais que atingiram o Estado nesta quinta-feira. Em Cidreira, no Litoral Norte, pelo menos 600 pessoas tiveram que sair de casa por causa da forte chuva. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não há registro de feridos no município, mas a prefeitura de Cidreira está comprando lonas para socorrer os atingidos.

Em Sapiranga, no Vale do Rio dos Sinos, o número de afetados chega a 40. A Defesa Civil contabiliza mais oito desalojados em Pinhal, no Litoral. No município, o distrito Túnel Verde foi destruído pela chuva de granizo. Conforme o prefeito da cidade Luiz Antônio Palharin, 509 residências foram danificadas. Diversos galhos caíram na pista da ERS 040 e foi necessária a intervenção de guinchos para desobstruir a estrada. Também houve estragos na plantação de arroz.

RS tem 108 mil pontos sem energia elétrica

O fornecimento de energia elétrica também foi prejudicado pelo temporal. Até as 14h30min, pelo menos 108 mil pontos estavam sem energia elétrica. Somente na área de concessão da RGE são 103 mil clientes desabastecidos. Os consumidores mais afetados ficam nas regiões Celeiro, Encosta, Missões, Noroeste e Serra.

De acordo com a companhia, queda de árvores na rede de distribuição de energia elétrica e intensa presença de raios provocaram interrupções em municípios como Santo Ângelo, Caxias do Sul, Cruz Alta, Nova Prata e Santa Rosa, que concentram a maioria das ocorrências.

Na área da AES Sul, são pelo menos cinco mil pontos sem luz. A maioria dos consumidores sem serviço estão na região Metropolitana e Fronteira Oeste. Na área de concessão da CEEE a energia elétrica já foi restabelecida.

Queda de árvore no Norte

Em Erechim, no Norte do Estado, a chuva provocou a queda de uma árvore na principal avenida da cidade. Em consequência o trânsito teve de ser desviado por outras vias, enquanto os bombeiros cortavam e faziam a retirada do vegetal.

Um veículo foi parcialmente atingido, mas o incidente não teve maiores consequências. Apesar da ventania, descargas elétricas e trovoadas, o temporal não trouxe maiores problemas. De acordo com os bombeiros foram registrados 40 milímetros até as 13h45min. As pancadas mais fortes ocorreram entre 10h15min e 11h30min.

Granizo atinge Porto Alegre e região Metropolitana

A instabilidade que atingiu o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira trouxe granizo a diversos municípios gaúchos, entre eles Porto Alegre. O fenômeno, pouco comum na Capital segundo a MetSul Meteorologia, ocorreu no bairro Jardim Botânico.

Segundo a MetSul, o granizo foi registrado também em Charqueadas, na região Carbonífera; em Campo Bom, Sapiranga e Novo Hamburgo, no Vale do Sinos; em Esteio, Nova Santa Rita e Viamão, na região Metropolitana; em Gramado e Picada Café, na Serra.

*Com informações do repórter José Adelar Ody




Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.