Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Política

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

05/12/2013 18:48 - Atualizado em 05/12/2013 18:52

José Dirceu desiste de emprego em hotel em Brasília

Advogados justificam declínio de convite por “linchamento midiático”

José Dirceu desiste de emprego em hotel em Brasília<br /><b>Crédito: </b> Wilson Dias / ABr / CP
José Dirceu desiste de emprego em hotel em Brasília
Crédito: Wilson Dias / ABr / CP
José Dirceu desiste de emprego em hotel em Brasília
Crédito: Wilson Dias / ABr / CP

O ex-ministro José Dirceu, condenado no processo do mensalão, desistiu da proposta de emprego em um hotel em Brasília. "Tendo em vista o linchamento midiático instalado contra José Dirceu e contra a empresa que lhe ofereceu trabalho, anunciamos que o ex-ministro decidiu abrir mão da oferta de emprego", afirmam os advogados de Dirceu em nota de esclarecimento divulgada nesta quinta-feira.

Segundo a nota, a decisão tem o objetivo de diminuir o sofrimento dos empresários que fizeram a oferta e dos funcionários que trabalham no grupo. "Reafirmamos que a proposta apresentada cumpria todas as formalidades previstas em lei, como contrato firmado, carteira de trabalho assinada e toda a documentação complementar exigida", dizem os advogados na nota. "Mesmo assim, foi tratada por setores da mídia como uma farsa", completam.

Para os advogados, a atitude "denuncia a intenção de impedir que o ex-ministro trabalhe, direito que lhe é garantido pela lei e que vale para todos os condenados em regime semiaberto". Na nota, os defensores lembram que Dirceu tem o direito a trabalhar, desde que atendidas as condições legais, "assim como tem o direito a ficar detido em um estabelecimento com condições dignas de higiene e segurança".

"José Dirceu não considera justo que outras pessoas, transformadas em alvo de ódio e perseguição exclusivamente por um gesto de generosidade, estejam obrigadas a partilhar da sanha persecutória que se abate contra ele. Por isso renuncia à oferta de emprego do Hotel Saint Peter e agradece a boa vontade de seus proprietários", conclui a nota, assinada pelos advogados José Luis Oliveira Lima e Rodrigo Dall'Acqua.

Bookmark and Share

Fonte: AE







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.