Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/12/2013 08:39 - Atualizado em 06/12/2013 09:11

Mundo artístico "chora" perda do herói da luta contra o apartheid

Pelé declarou que Mandela foi uma das maiores influências em sua vida

Mundo artístico chora perda do herói da luta contra o apartheid<br /><b>Crédito: </b> Simon Maina / AFP / CP
Mundo artístico chora perda do herói da luta contra o apartheid
Crédito: Simon Maina / AFP / CP
Mundo artístico chora perda do herói da luta contra o apartheid
Crédito: Simon Maina / AFP / CP

Não apenas dirigentes políticos lamentaram a morte do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, ocorrida nessa quinta-feira. Ícones do mundo artístico, cultural e desportivo também ficaram entristecidos com a perda do  herói da luta contra o apartheid. 

O rei do futebol, Pelé, declarou no Twitter que Mandela "foi um herói para mim, um amigo e um companheiro na luta pelo povo e pela paz no mundo". "Hoje estou entristecido demais. Nelson Mandela foi uma das maiores influências na minha vida. Vamos todos nós continuar seu legado com propósito e paixão", acrescentou eterno camisa 10.

O presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), o suíço Joseph Blatter, registrou "com profunda tristeza" a
morte "de uma pessoa extraordinária, provavelmente um dos maiores humanistas do seu tempo, e um amigo sincero".

Em Hollywood, Morgan Freeman, que interpretou o líder sul-africano no filme "Invictus", disse que "o mundo perdeu um dos verdadeiros gigantes do século passado", enquanto o britânico Idris Elba, que também dá vida a Mandela en "Long Walk to Freedom", que estreou recentemente destacou que Mandela "derrubou barreiras e liderou a luta pelos direitos humanos".

O cantor Bono, que apóia campanhas de combate à Aids na África, se perguntou sobre o futuro do continente: "Sem Mandela, poderá a África experimentar sua melhor década de crescimento e redução da pobreza?". A atriz sul-africana Charlize Theron, vencedora do Oscar, afirmou que o legado de Madiba "permanecerá para sempre".






Bookmark and Share


Fonte: AFP







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.