Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
19ºC
Amanhã
13º 22º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Saúde

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/12/2013 13:08 - Atualizado em 06/12/2013 13:15

Nova "leva" de médicos cubanos chega ao RS

Mais 78 profissionais desembarcaram no Aeroporto Salgado Filho

 Lázaro Manoel Garcia disse só ter boas expectativas <br /><b>Crédito: </b> André Ávila
Lázaro Manoel Garcia disse só ter boas expectativas
Crédito: André Ávila
Lázaro Manoel Garcia disse só ter boas expectativas
Crédito: André Ávila

Pouco antes do meio-dia desta sexta-feira desembarcaram no Aeroporto Internacional Salgado Filho de Porto Alegre mais 78 médicos cubanos que vão atuar no Rio Grande do Sul pelo Programa Mais Médicos. Eles integram o segundo ciclo de profissionais estrangeiros que chegam ao Estado. Nesta etapa serão 144 médicos, que somados aos que já estão atuando, totalizam 363 trabalhadores. Eles estão distribuídos por 107 municípios gaúchos, num contingente de 1,2 milhão de habitantes.

Na terceira missão internacional, o médico Lázaro Manoel Garcia disse só ter boas expectativas com a vinda ao Brasil. Formado há 18 anos, ele atuou por dois anos na Bolívia e um ano no Haiti. No RS, o médico vai trabalhar no município de Eldorado do Sul. Sobre os planos da vida em território gaúcho, disse que cumpre um desejo pessoal, de ajudar a população. Fora isso, tem expectativa de no futuro morar em definitivo no Estado, trazendo a esposa e os dois filhos, um menino de 13 anos e uma menina de 3, para morarem juntos. “Enquanto isso, é muito trabalho e muita saudade”, disse ao desembarcar.

Ao lado dele estava a colega conterrânea Olispet Machado. Com 16 anos de profissão, ela compartilha o sentimento de felicidade por poder atuar no Brasil. “Ficamos muito felizes. O nosso esforço será o de trabalhar muito”, revelou ela, que atuará no município de Ivoti. Ao ser questionada sobre o que conhecida da cidade, disse saber que é a “cidade das flores”. Ao desembarcarem, os profissionais foram recebidos com festa, organizada pela Associação Cultural José Marti, que estampavam uma faixa com a frase: “O povo gaúcho agradece a solidariedade do povo cubano”.

Os médicos foram recepcionados no aeroporto pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas. Ele aproveitou para enfatizar a importância do programa Mais Médicos na ampliação do atendimento à população, em especial a que reside em áreas afastadas. No Rio Grande do Sul, 389 municípios solicitaram profissionais dentro do programa, totalizando uma demanda de 1.399 médicos.

Os recém-chegados estavam em Vitória, onde realizavam o primeiro curso de adaptação. Ao longo de uma semana receberam informações sobre o sistema de saúde e português, entre outros assuntos. Nas cidades, seguirão com acompanhamento neste período de adaptação e conhecimento das estruturas e rotinas de atividade. A maior concentração dos médicos está na região metropolitana de Porto Alegre, sendo seguida pelas regiões Sul e Centro-Oeste.

No Brasil, a projeção do Ministério da Saúde é de que o Programa tenha 13 mil trabalhadores até o final de março de 2014. Neste mês o total deverá chegar a 6.600 profissionais.

Bookmark and Share


Fonte: Mauren Xavier / Correio do Povo







O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.