Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 04/01/2014
  • 11:01
  • Atualização: 12:24

Suspeito de matar taxista é ex-funcionário do posto de combustíveis

Corpo de João da Silva Rodrigues foi sepultado hoje em Porto Alegre

Homem havia tido um desentendimento com a vítima em 2013 | Foto: Divulgação / CP

Homem havia tido um desentendimento com a vítima em 2013 | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O suspeito do assassinato do taxista João da Silva Rodrigues é um ex-funcionário do posto de combustíveis, de 21 anos, que roubou o estabelecimento antes de matar a vítima. Segundo o delegado Joel Wagner, da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) , o ex-empregado teve a prisão temporária decretada no sábado e foi considerado foragido. Na casa do suspeito, na Vila Conceição, os agentes apreenderam na noite dessa sexta a jaqueta e a mochila que vestia durante o assalto. “Não encontramos a camiseta usada para encobrir o rosto”, observou o policial. O jovem é usuário de crack. 

Wagner disse que o suspeito foi demitido em novembro passado, após agredir uma colega de trabalho e, depois, fez ameaças. Na manhã deste sábado, o corpo do taxista, 61 anos, foi sepultado no cemitério da Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre. Além de familiares e amigos, colegas compareceram com faixas de luto nos táxis


Bookmark and Share


TAGS » Polícia, Taxista