Porto Alegre, quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014

  • 15/01/2014
  • 10:33
  • Atualização: 10:37

Funcionários da OAS realizam protesto em terreno ao lado da Arena

Operários reivindicam melhores condições de trabalho e cumprimento de promessas feitas pela empresa

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Funcionários da construtora OAS realizam na manhã desta quarta-feira um protesto no terreno ao lado da Arena do Grêmio, onde estão sendo construídos prédios comerciais e residenciais no bairro Humaitá, em Porto Alegre. Eles reivindicam melhores condições de trabalho e cumprimento de promessas feitas pela empresa.

Com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil (STICC), o grupo de cerca de 300 pessoas reclama do valor do vale-alimentação e dos salários. Além disso, eles alegam o não cumprimento do pagamento de alojamentos e as passagens a cada três meses para que os operários possam visitar as famílias. Em sua maioria, os funcionários são nordestinos.

“As empresas devem perceber que o seu maior patrimônio são os trabalhadores. Todos eles estão focados no seu objetivo que é o reconhecimento do seu trabalho, do seu esforço e nós do sindicato temos o dever de buscar o direito e a dignidade da nossa categoria”, defende o Secretário-geral do STICC, Gelson Santana, em nota no site da entidade.

O Pelotão de Choque da Brigada Militar foi deslocado para fazer a segurança no local. O acesso à entrada principal da OAS Empreendimentos, ao lado da Arena do Grêmio, está bloqueada desde as 8h.

Com informações do repórter Dico Reis

Bookmark and Share


TAGS » Protesto, Geral