Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 15/01/2014
  • 19:32
  • Atualização: 19:39

Rodoviários admitem entrar em greve na sexta-feira

Querendo 14% de reajuste, categoria realizou operação-tartaruga na manhã desta quarta

Rodoviários admitem entrar em greve na sexta-feira | Foto: Samuel Maciel

Rodoviários admitem entrar em greve na sexta-feira | Foto: Samuel Maciel

  • Comentários
  • Lucas Rivas / Rádio Guaíba

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Julio Gamaliel, descartou que uma operação-tartaruga como a realizada na manhã desta quarta-feira se repita nas próximas horas. No entanto, ele adiantou que “surpresas” podem ocorrer nos próximos dias, inclusive com uma possível paralisação geral da categoria, a partir da noite de sexta.

“Passadas 72 horas, nós podemos entrar em greve a qualquer momento, estamos esperando até esta sexta”, disse. Segundo Gamaliel, o Ministério Público do Trabalho (MPT) foi oficiado, ainda na segunda-feira, da possibilidade de greve.

Ontem, a categoria decidiu entrar em estado de greve, em uma assembleia com a presença de mais de 300 sindicalizados. Pela manhã, os ônibus circularam no limite mínimo das vias, o que gerou lentidão em vários pontos da Capital. A operação-tartaruga durou cerca de duas horas. Alguns coletivos chegaram a trafegar a menos de 30 km/h.

A categoria pede aumento salarial de 14%, reajuste no vale alimentação, adicional de risco de vida e redução da jornada de trabalho para 36 horas por semana.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa) informou que propôs a reposição integral da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no período de 1º de fevereiro de 2013 a 31 janeiro de 2014. O índice definitivo, porém, só deve ser publicado em meados de fevereiro.

Bookmark and Share