Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/01/2014 17:02 - Atualizado em 23/01/2014 17:39

Marcha do Fórum Social Temático reúne mais de mil pessoas

Diversos movimentos sociais participam da caminhada pelas ruas de Porto Alegre

Marcha partiu do Largo Glênio Peres e subiu a Borges de Medeiros<br /><b>Crédito: </b> Tiago Medina / Especial CP
Marcha partiu do Largo Glênio Peres e subiu a Borges de Medeiros
Crédito: Tiago Medina / Especial CP
Marcha partiu do Largo Glênio Peres e subiu a Borges de Medeiros
Crédito: Tiago Medina / Especial CP

Mais de 1000 pessoas participam da marcha de abertura do Fórum Social Temático, que ocorre pelas ruas centrais de Porto Alegre. A caminhada partiu do Largo Glênio Peres por volta das 17h, seguindo pela avenida Borges de Medeiros. O ponto de chegada é na Usina do Gasômetro. Os participantes são na maioria ligados a movimentos sociais, como Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Força Sindical, entre outras.

O trânsito na região central de Porto Alegre já está congestionado nos arredores da avenida Borges de Medeiros, no sentido Centro-Bairro. Apesar da marcha, o trânsito não chegou a ser bloqueado no sentido Bairro-Centro da avenida Borges de Medeiros. Às 17h30min, a Borges foi liberada, de acordo com a prefeitura.

A partir das 18h, manifestantes do Bloco de Lutas pelo Transporte Público realizam protesto contra o aumento das passagens dos ônibus na Capital. A concentração é em frente ao Paço Municipal, onde à tarde já haviam faixas contra o prefeito José Fortunati.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.