Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 25/01/2014
  • 12:43
  • Atualização: 13:01

Apenas linhas de ônibus de maior percurso devem funcionar durante greve

Expectativa é de aumento de 20% na circulação de automóveis particulares

Rodoviários fizeram operação padrão antes de greve segunda | Foto: Samuel Maciel

Rodoviários fizeram operação padrão antes de greve segunda | Foto: Samuel Maciel

  • Comentários
  • Marcos Koboldt / Rádio Guaíba

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) definiu que apenas as linhas de ônibus de maior percurso das quatro empresas estarão em funcionamento a partir de segunda, quando está previsto o início da greve dos rodoviários, em Porto Alegre. Apenas 30% da frota vai circular na Capital, conforme acordo firmado entre o sindicato da categoria e o Ministério Público do Trabalho. 

"Nós teremos 436 veículos dos 1.453 ônibus que normalmente circulariam em Porto Alegre. A divisão será feita da seguinte forma: a Carris terá 100 carros, no consórcio STS serão 125 veículos. A Unibus terá disponíveis 95 carros e a Conorte 116 disponíveis para atender os eixos. Não haverá atendimento dentro dos bairros", explicou diretor o presidente da EPTC, Vanderlei Capelari,.

O diretor-presidente da EPTC se reuniu, nessa manhã, com representantes da Brigada Militar que estarão presentes nas primeiras horas da madrugada nas garagens das empresas e garantiu que medidas serão tomadas caso ocorram tentativas de impedir que os veículos prestem o serviço.

A EPTC promete mobilizar mais de 250 agentes de trânsito e alterar o tempo das sinaleiras priorizando o fluxo nas principais avenidas da cidade. As lotações estarão autorizadas a transportar passageiros em pé e a frota de táxi de Porto Alegre deve ser mobilizada para estar circulando desde as primeiras horas. Há expectativa de aumento de 20% na circulação de automóveis particulares.

A categoria dos rodoviários decidiu entrar em greve em assembleia na noite desta quinta-feira. O sindicato sustenta que as negociações com as empresas de transporte não evoluíram desde o início do ano. A categoria pede reajuste salarial de 14%, aumento de R$ 4 no vale-alimentação e manutenção do plano de saúde, entre outras reivindicações.

O Sindicato patronal oferece a reposição da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) que é de 5,57%. A representação de empresários garante que não há como aumentar o percentual devido ao congelamento do preço da passagem.

Confira os eixos que serão atendidos:

Carris (100 veículos)

Linhas que vão circular: T1; T2, T2A; T3; T4; T5; T6; T7; T8; T9; T11; 343 – Campus Ipiranga

Avenidas que vão atender: como são linhas transversais, atenderão a diversas vias das zonas Leste, Norte e Sul.

Conorte (116 veículos)

Linhas que vão circular: 662 – Rubem Berta; 661 – Jardim Leopoldina; 656 – Passo das Pedras; 637 – Chácara das Pedras; 704 – Humaitá; 718 – Ilha da Pintada; 631 – Parque dos Maias; 621 – Nova Gleba; 613 – Elisabeth; TR62 – Troncal Baltazar; 520 – Triângulo/24 de Outubro; 624 – São Borja; 632 – Fátima; B51 – Parque/Postão

Avenidas que vão atender: Assis Brasil, Baltazar de Oliveira Garcia, Manoel Elias, Aj Renner, Ilhas, Plínio Brasil Milano, Cristovão Colombo, Benjamin Constant, Farrapos

Unibus (95 veículos)

Linhas que vão circular: 398 – Pinheiro; 398.2 – Pinheiro/Azenha; 441 – Antônio de Carvalho; 341 – Bento/ Antônio de Carvalho; 491 – Passo Dorneles/Safira; 494 – Rubem Berta/Protásio;

Avenidas que vão atender: Bento Gonçalves, Protásio Alves, Antônio de Carvalho e João de Oliveira Remião, João Pessoa, Azenha

STS (125 veículos)
 
Linhas que vão circular: 165 – Cohab; 171 – Ponta Grossa; 173 – Camaquã; 184 – Juca Batista; 188 – Assunção; 209 – Restinga; 210 – Restinga Nova; 211 – Restinga Velha; 267 – Lami; 268 – Belém Novo; 314.1 – Restinga/Puc/3ª Perimetral; 260 – Belém Velho/Oscar Pereira; 284.3 – Belém Velho/Rincão/Azenha; 289 – Rincão/Oscar Pereira

Avenidas que vão atender: Edgar Pires de Castro, Juca Batista, Serraria; Cavalhada, Cel. Marcos, Wenceslau Escobar, Oscar Pereira, Borges de Medeiros, João Pessoa, Azenha

Bookmark and Share


TAGS » Greve, Geral, Ônibus