Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 27/01/2014
  • 00:46
  • Atualização: 02:41

Vigília lembra vítimas da boate Kiss

Tragédia que vitimou 242 jovens em Santa Maria completa um ano nesta segunda-feira

Tragédia que vitimou 242 jovens em Santa Maria completa um ano nesta segunda-feira | Foto: Tarsila Pereira

Tragédia que vitimou 242 jovens em Santa Maria completa um ano nesta segunda-feira | Foto: Tarsila Pereira

  • Comentários
  • Correio do Povo

O movimento em frente à boate Kiss, na Rua dos Andradas, em Santa Maria, aumentou no início da madrugada desta segunda-feira. O clima é de silêncio e o fluxo de pessoas deve crescer até a hora que o incêndio aconteceu, por volta das 2h30min. A intenção é permanecer no local até a manhã. Às 8h está programada uma caminhada até a praça Saldanha Marinho.

No horário em que o fogo começou, serão colocadas 242 velas – 115 rosas, representando as meninas, e 127 brancas, representando os meninos. Pai de uma das vítimas, Ildo Toniolo, que até hoje acorda no horário da tragédia, organizou a homenagem. “Cada vela vai representar a chama da vida de cada um. Não é um rito religioso”, explicou.

Na noite desse domingo, as silhuetas de 242 pessoas foram pintadas no asfalto em frente à fachada da boate. Uma faixa contra a impunidade foi pendurada no prédio pedindo a punição dos culpados pela tragédia – o número de indiciados podem aumentar, conforme a Polícia Civil.

A quadra foi bloqueada e deve ficar assim até as 8h. Voluntários da Cruz Vermelha fazem o atendimento psicossocial aos familiares e várias pessoas usam camisetas em homenagem às vítimas. No início da madrugada, muitas flores eram colocadas frente à Kiss.

*Com informações do repórter Danton Júnior

As silhuetas de 242 pessoas foram pintadas no asfalto em frente à fachada da boate | Foto: Tarsila Pereira
Bookmark and Share