Correio do Povo

Porto Alegre, 25 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
9ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Trânsito

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

29/01/2014 10:02 - Atualizado em 29/01/2014 10:07

Rodoviários avaliam voltar ao trabalho sem cobrança da tarifa

Comissão de greve prepara reunião para o fim da tarde desta quarta-feira

Ônibus não circulam nesta quarta em Porto Alegre<br /><b>Crédito: </b> Tarsila Pereira
Ônibus não circulam nesta quarta em Porto Alegre
Crédito: Tarsila Pereira
Ônibus não circulam nesta quarta em Porto Alegre
Crédito: Tarsila Pereira

O representante da Comissão de Negociação dos Rodoviários, Alceu Weber, afirmou que a categoria terá uma reunião no fim da tarde desta quarta-feira para discutir a possibilidade de retornar ao trabalho. Se isso ocorrer, os ônibus irão circular em 100% da frota na Capital, mas sem a cobrança de tarifa.

Dia sem ônibus em Porto Alegre
• Rodoviários se mobilizam nas garagens no terceiro dia de greve

“A prerrogativa de gerir o transporte público é do município. Se eles não fizerem, nós o faremos. Nós entendemos que a população deve ser atendida. Estamos sendo tão prejudicados quanto à população, também temos familiares que deixaram de trabalhar hoje. Podemos trabalhar com portas abertas para que as pessoas subam e desçam onde quiserem,” declarou à Rádio Guaíba.

De acordo com Weber, se a medida for aprovada, os ônibus podem voltar a circular ainda nesta quarta-feira. A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e o Sindicato dos Rodoviários ainda não confirmam a possibilidade de os coletivos saírem às ruas sem a cobrança de tarifas.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.