Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 30/01/2014
  • 07:36
  • Atualização: 08:35

Fortunati reclama de falta de ajuda da BM para ônibus saírem das garagens

Rodoviários ocupam as frentes dos locais nesta manhã

Prefeito reclama da falta de ajuda da BM para fazer os ônibus circularem | Foto: Tarsila Pereira

Prefeito reclama da falta de ajuda da BM para fazer os ônibus circularem | Foto: Tarsila Pereira

  • Comentários
  • Correio do Povo

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, usou o Twitter na manhã desta quinta-feira para reclamar do que considera falta de ajuda da Brigada Militar (BM) para que os ônibus circulem na cidade. Desde cedo, os rodoviários ocupam as frentes das garagens das empresas impedindo as saídas dos veículos. Apenas os consórcios Unibus e STS operam na Capital.

“Estamos procurando colocar os ônibus na rua para atender a população. Infelizmente, a Brigada Militar não está dando o suporte necessário nas entradas das garagens. Desta forma meia dúzia de piqueteiros termina impedindo que os veículos cumpram com o papel”, escreveu o prefeito.

Fortunati seguiu cobrando entendimento de rodoviários e empresários e afirmou que a negociação sobre aumento da tarifa irá ocorrer após o julgamento do Tribunal de Constas do Estado sobre os itens pendentes na planilha de cálculos, marcado para o dia 12 de fevereiro. De acordo com o prefeito, o diretor-presidente da Carris, Sérgio Zimermann, já autorizou a contratação de novos motoristas e o desconto dos dias parados.

“Como o TCE marcou o julgamento dos itens pendentes para o cálculo da tarifa para o dia 12 de fevereiro, não existe mais desculpas para que os empresários e rodoviários negociem o reajuste salarial colocando um fim à greve do transporte coletivo. A partir do dia 13 poderemos começar a discussão sobre a planilha da tarifa que deverá ser profundamente revista neste ano como prevê a lei”, completou.

Bookmark and Share