Porto Alegre, quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014

  • 14/02/2014
  • 23:00
  • Atualização: 23:05

Fim de semana será de tempo bom com marcas agradáveis no RS

Chance maior de chuva passageira ocorre no Litoral Norte, que também registra ressaca

  • Comentários
  • Metsul

A maior parte do Rio Grande do Sul deverá ter um bonito fim de semana, com a presença do sol na maioria das regiões, com algumas nuvens no céu. Chance maior de instabilidade passageira ocorre no Litoral Norte entre Capão da Canoas e Torres, assim como de forma isolada no Sul do Estado.

O calor começa a aumentar, mas o tempo segue agradável. Faz até frio na madrugada em cidades de maior altitude da Metade Norte, como na Serra e no Planalto Médio. O vento persiste de Sul a Leste moderado e com rajadas, mais fortes na costa. O mar segue com tendência de ressaca forte.

As mínimas rondam os 11°C em São José dos Ausentes e Vacaria. As máximas, por sua vez, chegam a 30°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 19°C e 28°C.

Torres teve registro histórico de chuva desde quinta-feira. A estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na cidade, com 257 mm, foi a que anotou o maior volume de chuva entre as estações meteorológicas do mundo no acumulado em 24h até às 10h de sexta. O volume é quase o dobro da média histórica (1961-1990) de precipitação da cidade para fevereiro que é de 137,5 mm.

Para se ter ideia da absurda quantidade de chuva em tão curto período, o maior volume de chuva em Torres em 24h na série 1910-1948 foi de 214 mm (30/3/1942) e, na série de 1961 a 1990, de 181,8 mm em 03/12/1980.

O acumulado medido ontem é um dos mais altos de chuva em 24h já vistos em 100 anos no Estado. Bagé anotou 263 mm em 15/02/1983, Santa Vitória do Palmar 272 mm em 08/03/1943 e São Luiz Gonzaga 310 mm em 21/06/1920.

Bookmark and Share