Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 18/02/2014
  • 18:17
  • Atualização: 18:26

Prefeitura aguarda liberação de verba para obras de Mobilidade

Secretário de Gestão afirmou ter conseguido aval e pedido urgência na liberação

Prefeitura aguarda liberação de verba para obras de Mobilidade  | Foto: Divulgação / PMPA / CP

Prefeitura aguarda liberação de verba para obras de Mobilidade | Foto: Divulgação / PMPA / CP

  • Comentários
  • Samuel Vettori / Rádio Guaíba

De Brasília, o secretário municipal de Gestão, Urbano Schimitt, anunciou ter conseguido do aval da Secretaria do Tesouro Nacional para o financiamento dos R$ 425 milhões necessários a fim de bancar o custo das obras que, de início, foram pensadas para a Copa do Mundo, mas retiradas do conjunto de realizações para o Mundial. A data para a liberação dos recursos, no entanto, ainda é desconhecida. "Eu pedi urgência", afirmou Schmitt. Os contratos foram assinados há mais de um mês.

O documento com o aval foi encaminhado à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. O órgão agora precisa encaminhá-lo à Caixa Econômica Federal (CEF), financiadora das obras de mobilidade retiradas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa em meados do ano passado. A intenção de acelerar as construções no período de férias escolares não foi possível. Parte das aulas na rede pública já começou.

Pelo Twitter, o prefeito José Fortunati, que na mesma rede social havia admitido "ritmo de tartaruga" no conjunto de obras, anunciou mais um passo dado junto ao governo federal para a liberação de valores. Mais cedo, havia dito que a "burocracia impediu que as obras pudessem avançar”. Schmitt atribuiu a demora à complexidade nas análises de documentos.

O valor a ser liberado representa praticamente metade dos R$ 890 milhões previstos até o momento para a conclusão dos projetos. Das dez grandes obras pensadas para a Copa do Mundo, somente o viaduto ligando a rua Júlio de Castilhos à avenida Castelo Branco, junto à Estação Rodoviária, e o entorno do Beira-Rio - incluindo a duplicação da Edvaldo Pereira Paiva e o viaduto Pinheiro Borda, o corredor de ônibus da Padre Cacique, as ruas transversais no entorno do estádio - e devem ser entregues antes do Mundial, em junho.

Bookmark and Share