Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 18/02/2014
  • 22:02
  • Atualização: 22:12

Ativista do Greenpeace sairá na Playboy de março

Ana Paula Maciel fotografou de biquíni para a próxima edição, mas espera posar nua

Ativista do Greenpeace sairá na Playboy | Foto: Mauro Schaefer

Ativista do Greenpeace sairá na Playboy | Foto: Mauro Schaefer

  • Comentários
  • Karina Reif / Correio do Povo

A edição de março da Playboy contará com fotos de biquíni da bióloga do Greenpeace Ana Paula Maciel, que ficou famosa no ano passado por ser presa com outros ativistas na Rússia. “Dependendo da repercussão, farei o ensaio completo”, declarou ela, contando que foi procurada por um fotógrafo da revista, para quem posou em Maringá, no Paraná. “O cenário é surpresa, mas é bem bonito. Vocês vão gostar”, adiantou.

Caso os leitores gostem, Ana Paula deve negociar um cachê para sair nua. Parte do dinheiro será usada para projetos pessoais e o restante, revertido para a preservação de animais silvestres no Brasil. “Eu preciso encontrar o lugar onde será a reserva. O tráfico de animais é o terceiro crime que mais movimenta dinheiro no país”, afirmou. Ela espera também chamar a atenção para o problema e, dessa forma, conscientizar as pessoas para não comprar as espécies proibidas. “Eu fiquei presa e sei o quão ruim isso é”, comparou.

“Todas as pessoas que seguiram a minha história e quiserem me ajudar em mais um desafio, precisam escrever para Playboy para pedir mais”, explicou. A ativista salientou que a conquista de dinheiro para financiar uma reserva seria a realização de um sonho.

No primeiro ensaio, a bióloga contou que ficou tímida no início, mas acabou descontraindo com a equipe. O namorado mexicano não está com ciúmes e tem dado incentivo para os novos planos. “Ele acha que sou a mulher mais linda do mundo. Nós nos amamos e nos respeitamos”, afirmou.

Para conversar com Ana Paula, a reportagem do Correio do Povo precisou esperar ela voltar da academia nesta terça. Mas a ativista garante que os exercícios não iniciaram em função da possibilidade de ser capa de uma revista masculina. “Assim que botei o pé no Brasil, voltei para a academia. Sempre gostei. Agora, claro, o treino está mais intenso e estou cuidando da alimentação, mas nada de mais”, esclareceu.

Bookmark and Share